Atendimento noturno do Detran em Friburgo, só em dezembro

Início da medida nesta terça, para compensar prejuízos com paralisações de terceirizados, não inclui município serrano
terça-feira, 21 de novembro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

O atendimento noturno do Detran não começa mais nesta terça-feira, 21, em Nova Friburgo, mas apenas em dezembro, em data ainda a ser definida. Além de Friburgo, Campos e São Pedro da Aldeia também têm o calendário alterado.

A partir desta terça, 21, o Detran fará atendimento noturno em 13 postos, sendo seis na capital (Barra da Tijuca, Irajá, Campo Grande, Santa Cruz, Vila Isabel e Tijuca), três na Região Metropolitana e Baixada Fluminense (São Gonçalo, Niterói e Caxias) e quatro no interior do estado: Petrópolis, Araruama, Volta Redonda e Campos (um dos dois postos locais). O objetivo da medida é atender à demanda reprimida dos serviços de vistoria de veículos durante as paralisações dos funcionários terceirizados.

Ao todo, 19 postos de vistorias em todo o estado vão disponibilizar para a população um terceiro turno de serviço noturno, das 19h às 22h.  Os agendamentos poderão ser realizados no site www.detran.rj.gov.br.

Na primeira quinzena de dezembro o atendimento noturno começará em outros seis postos, sendo dois na capital (Catete e Leopoldina), um na Baixada (Belford Roxo) e outros três no interior (São Pedro da Aldeia, Nova Friburgo e o segundo posto de Campos).

“Com a entrada das novas empresas, os serviços voltaram à normalidade. Nosso objetivo agora é diminuir a demanda reprimida criada no período das paralisações. Vamos voltar a fazer os atendimentos noturnos nos postos até zerar a demanda reprimida”, explicou Vinicius Farah, presidente do Detran.

A partir do dia 13 de outubro, os serviços do Detran foram impactado com a paralisação dos funcionários terceirizados. No entanto, nesta semana, os atendimentos de vistoria de veículos e de habilitação retornaram à normalidade após novas empresas assumirem a prestação de serviços, após a saída da Prol.

Na última semana, a PVAX Consultoria e Logística assumiu o atendimento de Habilitação. Na segunda-feira (13.11), a Probid é a empresa responsável pelos serviços da Diretoria de Veículos do Detran.

 Durante o período de paralisações, o Detran montou um plano de contingência e realizou 14 edições extras do Detran Presente para minimizar o impacto das paralisações. Foram realizadas cinco edições na capital (três no posto da Francisco Bicalho e duas na Barra da Tijuca), uma na Baixada Fluminense (Nova Iguaçu) e outras oito no interior (Resende, Barra Mansa, Três Rios, Volta Redonda - duas vezes -, Nova Friburgo, Campos dos Goytacazes e Bom Jesus do Itabapoana).

Outra ação do Detran para minimizar o impacto das paralisações foi a ampliação dos prazos de vistoria dos automóveis com placas com finais 8 e 9. A partir de agora, os veículos com a placa terminando com o número 8 poderão ser submetidos à inspeção anual obrigatória até o dia 30 de novembro e os com final 9, até 31 de dezembro.

Detran Presente continua

Apesar das normalizações, a estrutura itinerante do Detran Presente continuará a ser realizada pelo órgão em diferentes cidades. Na próxima semana dois novos mutirões serão realizados. Na quarta-feira (22.11), o Detran Presente estará na Cinelândia, durante a Semana da Saúde, enquanto na sexta-feira (24.11), a estrutura itinerante será montada em Angra dos Reis. Desde maio, foram realizadas 36 edições do Detran Presente em 22 cidades, com mais de 64 mil atendimentos.

Durante o Detran Presente, os cidadãos podem emitir a primeira e a segunda via da carteira de identidade, renovar a Carteira Nacional de Habilitação, fazer a vistoria anual dos veículos, emitir o licenciamento anual sem vistoria e abrir recursos contra multas e processo de suspensão. De acordo com a demanda para os serviços prestados poderá haver distribuição de senhas para atendimento. A lista completa dos serviços oferecidos em cada edição está no www.detran.rj.gov.br.  

LEIA MAIS

Projeto aprovado, que está para ser sancionado, prevê parada até mesmo nos ônibus que operam em linha direta

Ceg Rio prevê fornecimento para mais estabelecimentos da cidade em 2019: hoje só tem um a oferecer o gás, e caro

Espaços, num total de 50 em Friburgo, poderão ser ocupados por qualquer motorista, até 20 minutos e com pisca-alerta ligado

Publicidade
TAGS: Trânsito