Apreensões de drogas crescem mais de 100% em um ano na região

“A criminalidade tenta crescer. Nosso trabalho é impedir”, diz o comandante do 11º BPM, tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior
sexta-feira, 22 de novembro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
A grande carga de cocaína apreendida quarta-feira iria abastecer pontos de venda de drogas no Alto do Floresta. Prejuízo de R$ 18 mil para o tráfico (Foto: 11 BPM)
A grande carga de cocaína apreendida quarta-feira iria abastecer pontos de venda de drogas no Alto do Floresta. Prejuízo de R$ 18 mil para o tráfico (Foto: 11 BPM)

Policiais militares do serviço reservado (P2), prenderam na última quarta-feira, 20, um jovem de 19 anos acusado de tráfico de drogas, numa área de mata no Loteamento Alto do Floresta, no distrito de Conselheiro Paulino. Com ele foram apreendidos quase mil papelotes de cocaína, que totalizaram 1,275 kg da droga.

Segundo as informações passadas pelo comando do 11º BPM, uma denúncia anônima indicou que o jovem de 19 anos, já conhecido das equipes policiais, estaria numa área de mata da localidade para desenterrar uma carga de drogas que seria comercializada pelo tráfico local. Chegando ao local indicado na denúncia, os PMs flagraram o acusado no momento em que ele começava a desenterrar o material entorpecente. Sem notar a aproximação dos policiais, o rapaz foi abordado e com ele foram encontradas 12 cargas de cocaína, sendo 477 papelotes que seriam vendidos a R$ 25 e outros 420 unidades da mesma droga que seriam comercializadas por R$ 15. 

A apreensão causou um prejuízo de mais de R$ 18 mil ao tráfico de drogas. O caso foi registrado na 151ª DP, onde o material apreendido foi entregue, juntamente com o acusado, que permaneceu preso, autuado por tráfico de drogas.

Apreensões cresceram

Essa mais recente baixa no tráfico de drogas de Nova Friburgo chamou a atenção pela quantidade de droga apreendida de uma só vez. No entanto, quase diariamente são realizadas operações de combate ao tráfico de drogas em diversas localidades do município.

Segundo dados obtidos com exclusividade por A VOZ DA SERRA, em toda a área de cobertura do 11º BPM, que atende a Nova Friburgo e demais municípios vizinhos, de janeiro à novembro deste ano foram apreendidos 208 quilos de drogas e 206 armas. Nesse mesmo período, 706 pessoas foram presas e 163 adolescentes apreendidos. Todos os casos, segundo a PM, relacionados ao tráfico de drogas.

“Nova Friburgo é uma cidade tranquila. Mas, infelizmente, alguns elementos vindos de outras cidades, como o Rio de Janeiro, tentam se esconder aqui e impor o terror nas comunidades. A gente tem trabalhado muito para não deixar isso acontecer. Esses números altos provam isso. Vamos continuar agindo assim para manter a paz e a ordem”, afirmou o comandante do 11º BPM, tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior.

Policiamento semelhante à capital

Apesar de considerar a cidade tranquila, o comandante do 11ºBPM reconhece que os números de prisões e apreensões cresceram bastante de 2018 para 2019. Isso porque, de janeiro a novembro do ano passado, a Polícia Militar apreendeu 92 quilos de drogas e 160 armas. Nesse mesmo período foram 665 prisões e 137 apreensões de menores.

Esses números representam um aumento de mais de 100% nas apreensões de drogas e mais de 25% nas apreensões de armas. Para o tenente-coronel Paulo Roberto das Neves Júnior, esse crescimento significativo nos dados de combate ao tráfico de drogas pode ser relacionado com o trabalho cada vez mais intenso da PM, que tem tentado evitar o crescimento da criminalidade na região.

“A criminalidade tenta crescer. Nosso trabalho é impedir. Por isso implantei aqui um policiamento semelhante ao do Rio de Janeiro, onde comandei batalhões como os de Rocha Miranda e Belford Roxo. Trabalhamos com o Grupo de Ações Táticas (GAT), com o objetivo de aumentar o quantitativo das equipes que acessam as comunidades, com mais segurança para os policiais militares e para a população”, finalizou o comandante do 11º BPM.

LEIA MAIS

Primeiro ano do programa Patrulha Maria da Penha/ Guardiões da Vida atendeu, só na região, 268 vítimas de violência doméstica

Tenente-coronel Soliva faz balanço positivo do primeiro semestre à frente do 11º BPM: redução de roubos chega a 86%

Homicídios dolosos e roubos e lesões corporais seguidos de morte tiveram menor número dos últimos 20 anos, segundo o ISP-RJ

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Segurança