Anexo Jovem da AFL empossa mais três novos membros

Projeto abre espaço para jovens talentos da literatura em Nova Friburgo e região
quinta-feira, 13 de setembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Anexo Jovem da AFL empossa mais três novos membros

A Academia Friburguense de Letras (AFL) empossa nesta sexta-feira, 14, em solenidade em sua sede na Praça Getúlio Vargas, às 19h, mais três membros do Anexo Jovem, um projeto que abre espaço para jovens talentos da literatura em Nova Friburgo e região. O Anexo Jovem da AFL é coordenado pela jovem escritora Ania Kytilla Gevezier Paredes, que tomou posse em 2017. Os jovens escritores que tomarão posse em solenidade são os jovens Conrado Moura Puga de Lima, Wallace da Silva Cavalcante e Pedro Henrique de Oliveira Silva. Atendendo convite de A VOZ DA SERRA, alguns deles, junto com a presidente da AFL, Tereza Malcher Campitelli e o vice-presidente Alberto Lima Abib Wermelinger Monnerat, escreveram pequenos textos expressando toda a emoção de integrar o Anexo Jovem da AFL. 

Conrado Moura Puga de Lima

“Fazer parte da Casa de Salusse será acima de tudo afirmar um papel como ator social para com a nossa cultura e história, devidamente preservadas pela Academia.  Sinto honra de me tornar parte deste nobre compromisso e espero ter a capacidade de usar meus saberes para incutir a literatura nas mentes da minha geração e das vindouras, assim honrando o patrono de minha cadeira (6A), Juvenal Marques, um intelectual de grandes ideais que em muito beneficiou a arte literária em nossa cidade tocada pela presença de grandes autores como Machado de Assis e Carlos Drummond. Espero, como parte do Anexo Jovem, reunir este passado único a nossa contemporaneidade, demonstrando que a poesia, o lirismo e a busca pela beleza não são valores ultrapassados, mas sim manifestações além do tempo, tomando diferentes formas na história humana ou, como já dizia Oscar Wilde, “A literatura antecipa sempre a vida. Não a cópia, molda-a aos seus desígnios”. 

Wallace da Silva Cavalcante

“Entrar para a Academia Friburguense de Letras será um marco na minha vida. E vou compartilhar esta posse com demais pessoas, como? Ajudando na difusão da cultura, incentivando as pessoas a lerem mais por meio de projetos desenvolvidos pela Academia em parceria com os demais membros.

O Brasil é um país rico em muitos sentidos, dentre estas riquezas, está à literatura. É uma honra fazer parte de um grupo de pessoas que respeita e ama essa arte. Estou muito empolgado, e não é para menos”.

Ania Kitylla Gevezier Paredes

“Novos membros, gostaria de saudá-los e recebê-los ao Anexo Jovem, uma fundação mais recente, partida da necessidade de ampliar para acolher, de renovar. O Anexo da Academia. O que é, afinal, a Academia Friburguense de Letras? É um prédio de portas abertas, é um nome, uma instituição, é um brasão histórico e, sobretudo, um corpo vivo que sabe que cultuar a arte é sublimar o espírito. É espaço, é abrigo e é responsabilidade. Quando empossados, vestidos de beca, carregando a medalha de prata, saibam que fazem parte de algo maior e mais antigo. Sintam orgulho de si, tão jovens, já acadêmicos. E sirvam com todo esse orgulho a essa história da qual vocês agora fazem parte. Bem-vindos!”

Pedro Henrique de Oliveira Silva

“Indescritíveis palavras, inúmeros pensamentos e insondáveis sentimentos. Isso é o pertencer ao Anexo Jovem. Hemingway dizia: ‘edite sóbrio, escreva bêbado’. Quem disse que o álcool é, especialmente, aquilo que te deixabêbado. Estar bêbado, para mim é o que nas horasda madrugada do dia taciturno, os pensamentos funilam-se para os dedos e tudo se transmite para o teclado do computador, para a marca do caderno. Escrita. Leitura. Tudo isso só vale quando é compartilhado. A vida selvagem ensina isso. Acho que a Academia diz isso, evoca isso. Inovação ao novo. Trinfaremos o futuro e vangloriaremos o passado”.

Tereza Malcher (presidente)

“Ares de juventude e renovação entrarão na Academia Friburguense de Letras neste dia 14, quando três escritores tomarão posse em seu Anexo Jovem: Conrado Moura Puga de Lima, Pedro Henrique de Oliveira Silva e Wallace da Silva Cavalcante, que serão saudados respectivamente pelos Acadêmicos Ordilei Alves da Costa, Robério José Canto e Anna Braga Asth. Neste evento, mais uma vez, a nossa Casa de Salusse, com 71 anos de atividades ininterruptas, cumpre suas funções: fomentar e acolher a produção literária da cidade de Nova Friburgo. Conrado, Pedro e Wallace já possuem livros publicados e são promissores escritores. Acima de tudo, serão jovens acadêmicos potencialmente atuantes. Que sejam bem-vindos!”

Alberto Lima Abib Wermelinger Monnerat, vice-presidente

“A AFLfoi criada nos moldes da Academia Brasileira de Letras – ABL (20.07.1897) que, por sua vez, se inspirou no modelo francês, a secular Académie Française, criada por Armand Jean du Plessis, Cardeal de Richelieu (e primeiro ministro de França) em 1635, sob o reinado de Louis XIII. Nossa instituição tem procurado, ao longo das duas últimas administrações, tornar-se mais sensível aos anseios da população, notadamente aquela que cultua as artes e as letras. Por isso mesmo, foi criado o Anexo Jovem da AFL, com o propósito de estimular os novos talentos de Nova Friburgo, aliás, instituto único e pioneiro nas academias de todo o país. Nesse contexto, vamos dar posse a mais três jovens, que preencheram os requisitos mínimos exigidos. Sejam bem vindos, jovens acadêmicos.”

LEIA MAIS

“Segurança pública para virar o jogo” fala sobre prevenção à violência e do papel que cabe ao governo e à sociedade

Evento na CDL nesta quinta terá debate aberto ao público, mediado por jornalista do AVS

Contos trazem histórias divertidas do dia a dia de trabalho na agência de Nova Friburgo

Publicidade
TAGS: Literatura | livro