Alunos da rede pública de ensino iniciam novo ano letivo nesta quarta

Mesmo com a volta às aulas, rede municipal ainda está recebendo matrículas
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Alunos da rede pública de ensino iniciam novo ano letivo nesta quarta

Nesta quarta-feira, 6, começa o ano letivo das escolas públicas em todo o Brasil. Em Nova Friburgo, pelos dados de 2018, estavam matriculados na rede municipal 5,5 mil alunos da educação infantil, 11,5 mil do ensino fundamental e 1,4 mil da Educação de Jovens e Adultos (EJA), mas este ainda não é um número final, uma vez que a Secretaria Municipal de Educação ainda está aceitando matrículas e transferências.

A volta às aulas na rede municipal de ensino será em horário normal em todos os turnos, com exceção das creches. No caso da educação infantil, que recebe as crianças de zero a 5 anos, há a possibilidade de flexibilidade de horário para adaptação dos alunos ao ambiente escolar. “Esse é um procedimento padrão, mas as unidades ficarão abertas durante todo o horário de funcionamento”, informou a Secretaria de Educação.

Ainda segundo a pasta, o corpo docente de toda a rede municipal atende as demandas iniciais, existindo apenas carências pontuais de professores, que serão supridas através das convocações de concursados, que deverão ocorrer nos pŕoximos dias, além de dobras e extras. Além disso, a merenda será servida normalmente e o transporte escolar já está em funcionamento, sendo gerido pela empresa vencedora da licitação que aconteceu no dia 31 de janeiro, a TransFree.

A rede municipal de ensino reúne 46 creches e 60 escolas. Além disso, existem ainda sete conjuntos, que são unidades nas zonas rurais regidas por uma única diretora. Cada conjunto é composto por duas ou trẽs escolas, num total de 17 unidades. Com relação às creches, o número de unidades e vagas permanece o mesmo. Segundo a Secretaria de Educação, ao longo do ano são previstas novas vagas, decorrentes da inauguração de outros estabelecimentos de ensino. Mas para 2019, algumas mudanças foram feitas. No caso da Escola Maximillian Falck, em Mury, foi definida uma gestão compartilhada de espaço. Com isso, é mantida a unidade, mas os alunos estudarão no Colégio Estadual Padre Franca, no mesmo distrito.

Já o ensino fundamental é dividido em dois segmentos: I e II, além da EJA (Educação de Jovens e Adultos). O ensino fundamental I englobava até 2018 cerca de nove mil estudantes, do 1º ao 5º ano escolar. No município eles são atendidos por 55 estabelecimentos de ensino. Já no fundamental II, estavam matriculados cerca de 2,5 mil alunos, do 6º ao 9º ano, divididos em 16 unidades de ensino, sendo que cinco delas atendem exclusivamente esse grupo: Dermeval Barbosa Moreira, em Olaria; Flores de Nova Friburgo, em Vargem Alta; Odette Penna Muniz, no Centro; Rei Alberto I, na Baixada de Salinas; e Rui Barbosa, no Prado.

Escolas estaduais

Já na rede estadual de ensino, segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), são cerca de 650 mil alunos matriculados em todo o estado para 2019. Em Nova Friburgo são 24 escolas estaduais que também iniciam as aulas hoje. Essas unidades atendem os alunos do ensino médio, enquanto os municípios vêm absorvendo gradualmente a educação básica, até o 9º ano.

 

LEIA MAIS

Capacitações são para costura, modelagem íntima, desenho de moda, modelagem, audaces, bonecas e costura criativa

Interessados podem se inscrever pela internet ou no Ponto de Cultura de Conselheiro

Alunos do Ibelga, em Salinas, têm enfrentado muita dificuldade para ir às aulas

Publicidade
TAGS: Educação