Alto de Olaria tem mais uma noite de tiros e confronto

Em Cantagalo, PM acaba com festa em sítio embalada por drogas e leva 11 pessoas presas
segunda-feira, 13 de maio de 2019
por Jornal A Voz da Serra
As drogas apreendidas na festa (Foto: 11 BPM)
As drogas apreendidas na festa (Foto: 11 BPM)

Uma equipe do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do 11º BPM foi recebida a tiros durante uma ação de combate ao tráfico de drogas no Alto de Olaria, em Nova Friburgo, na noite deste sábado, 11. Segundo a PM, o confronto ocorreu na Rua Cândido Pardal, no conjunto habitacional Amarelinho.

Após a troca de tiros os policiais conseguiram recuperar cartuchos vazios calibre nove milímetros, de uso restrito das Forças de Segurança, e 12 milímetros. O caso foi registrado como tentativa de homicídio na 151ª DP.

Em Cantagalo, também na noite de sábado, a PM acabou com uma festa em um sítio e levou 11 pessoas para a delegacia.  Ao verificar uma denúncia de tráfico e consumo de drogas na festa,  realizada na RJ-160, na altura do Trevo da Aldeia,  os policiais militares do Serviço de Radiopatrulha da localidade, em conjunto com militares de Cordeiro, apreenderam dois tabletes e uma bucha de maconha, um comprimido de droga sintética, um triturador, balança de precisão, uma quantidade de maconha já triturada e filtros para confecção de cigarros.

Segundo a PM, o grupo estava em três veículos, que foram abordados pelas equipes. Dos onze suspeitos, todos homens com idades entre 18 e 33 anos, apenas um foi preso por tráfico de drogas, enquanto outros três foram autuados por consumo e o restante liberado após prestar depoimento na 153ª DP (Cantagalo).

 

LEIA MAIS

Com eles foram apreendidas drogas e uma pequena quantia em dinheiro

Acusado de homicídio no Bairro Ypu é preso na Granja Spinelli; pistola é apreendida no Alto do Floresta

Nas ações, dois jovens, de 20 e 25 anos, foram presos com drogas

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Drogas | tráfico