Agentes de endemias: inscrições serão feitas em postos de saúde

Prefeitura oferece 44 vagas temporárias e com salário de R$ 1.100,33
quarta-feira, 09 de janeiro de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Agentes de endemias: inscrições serão feitas em postos de saúde

As inscrições para o processo seletivo para agentes de endemias da Prefeitura de Nova Friburgo serão realizadas nos próximos dia 16 e 17 de janeiro, das 10h às 16h, presencialmente nos postos de saúde Sylvio Henrique Braune, no Suspiro; Dr. Tunney Kassuga, em Olaria; e Dr. Waldir Costa, no distrito de Conselheiro Paulino.

De acordo com o edital publicado nesta quarta-feira, 9, no Diário Oficial do município, A VOZ DA SERRA, as inscrições serão gratuitas. Os interessados deverão se dirigir aos postos com original e cópia de um documento de identidade, do CPF e da declaração de conclusão do ensino médio para preenchimento do formulário de inscrição.

Os candidatos serão selecionados por uma prova objetiva com 30 questões, que será aplicada no dia 3 de fevereiro, à tarde, em Nova Friburgo. O local será divulgado posteriormente. O conteúdo da prova consta no anexo III do edital e trata de legislação, doenças e da política nacional de promoção à saúde. O resultado definitivo será publicado no dia 15 de fevereiro.

A Secretaria Municipal de Saúde oferece 44 vagas para agentes de endemias, sendo 41 para ampla concorrência e três para portadores de necessidades especiais, com salário de R$ 1.100,33 e carga horária semanal de 40 horas. O contrato temporário será regido pela Consolidação das Lei Trabalhistas (CLT), com carteira assinada.

Os agentes vão atuar na ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. No ano passado, os casos casos de chikungunya aumentaram 175% na cidade. Vinte e duas pessoas contraíram a doença. Por outro lado, os casos de dengue caíram 52%. Foram confirmadas 38 casos. Nenhum caso foi confirmado de zika foi notificado em Friburgo.

 

LEIA MAIS

“Ex-secretária de Saúde Tânia Trilha sabia do problema e não fez nada”, denuncia presidente da Comissão de Saúde, vereador Wellington Moreira

Início das obras já está confirmado; prefeitura vai contratar pedreiros da cidade

Assistente social, Emmanuele Marques assume pasta em meio a crise prometendo “humanizar os processos”

Publicidade
TAGS: saúde