Acusado de agredir mulher é preso em caixa d’água de casa

Vítima disse que foi queimada pelo companheiro na frente de filhas, no Cordoeira
quarta-feira, 27 de junho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Policiais do 11º BPM prenderam um homem de 29 anos na madrugada desta quarta-feira, 27, acusado de agredir e queimar a companheira na frente das duas filhas dela. Ele tentou fugir, mas foi encontrado dentro da caixa d’água de uma casa no Cordoeira. A vítima, de 31 anos, acionou os agentes da Radiopatrulha do batalhão por volta das 23h30. Ela estava na Praça Getúlio Vargas, no Centro, acompanhada de uma das filhas, de 8 anos, e relatou a agressão aos PMs.

De acordo com o comando do 11º BPM, os agentes seguiram até casa, na Rua José do Patrocínio, e encontraram o suspeito dentro da caixa d’água. Ele foi levado para a 151ª DP, onde permaneceu preso. A vítima foi encaminhada para atendimento médico no Hospital Municipal Raul Sertã e passa bem. Pela manhã, porém, o homem foi liberado após pagamento de fiança.

Segundo a delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), Danielle de Barros, responsável pelo caso, o homem vai responder por lesão corporal conforme a lei Maria da Penha e pode pegar até três anos de prisão, caso seja condenado.

LEIA MAIS

Vítima foi atingida por quatro disparos um dia depois de esfaquear outro rapaz

Caso aconteceu no mês passado no Terra Nova. Agressor foi jogado do 4º andar de prédio e morreu

Homem é investigado pela morte de homem morto a pauladas e pedradas em 2016

Publicidade
TAGS: crime