Acadêmicos do Prado promete brigar pelo título este ano

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012
por Jornal A Voz da Serra
Acadêmicos do Prado promete brigar pelo título este ano
Acadêmicos do Prado promete brigar pelo título este ano

Leonardo Lima

Ser campeã. Se há alguns anos isso parecia uma utopia para a Acadêmicos do Prado, este ano o sonho está próximo de se tornar realidade. Isso é o que garante o presidente da agremiação, Hugo Reis da Silva. “Apesar das dificuldades causadas pela enchente de 12 de janeiro e mesmo após essa dúvida se haveria ou não o carnaval, vamos fazer um belíssimo desfile. Posso garantir que esse será o mais bonito da história da nossa escola. Certamente vamos brigar pelo título”, garante Hugo, que reforça também a qualidade do enredo—“Deus de todos os tempos, crinas da majestade”—e do samba da agremiação, que será a quarta a desfilar no domingo de carnaval, no dia 19.

Em 2012 a verde e rosa abordará a importância do cavalo na sociedade, desde a Grécia Antiga até as civilizações mais recentes. Mas se engana quem pensa que todo o otimismo é fruto da tranquilidade na organização do desfile. “Perdemos todas as nossas fantasias que estavam prontas na época da tragédia. Elas representavam 80% de todas as fantasias. Além disso, tivemos que refazer a parte inferior de alguns carros alegóricos. A água em nosso barracão atingiu mais de dois metros de altura”, recorda o presidente.

Superadas as adversidades, a Acadêmicos do Prado promete surpreender na avenida este ano. “Entre as novidades podemos adiantar que teremos carros com iluminação e efeitos de fumaça”, revela Hugo. Em 2010, a agremiação terminou em quarto lugar, com o enredo “Apae—célula viva do amor”. As melhores colocações até hoje foram dois terceiros lugares. “Teremos um custo total deste carnaval avaliado em torno de R$ 100 mil e nossas fantasias estão sendo vendidas pelo valor de R$ 30”, informa Hugo.

Lançamento de fantasias e apresentação da rainha da bateria neste domingo

Este ano a escola tem como carnavalesco Evandro Binelly e deverá ser composta por 800 integrantes, em 16 alas e quatro carros alegóricos. Na comissão de frente, dez mulheres representam as ninfas do Olimpo. A bateria é composta por aproximadamente 100 membros e tem como mestre Thiago Macumbinha e Cristina Féu como rainha. Grande destaque é Edvar Fernandes, que representa Perseu—“um ser metade homem e metade Deus, filho de Zeus que decapitou a Medusa”, como ele próprio explica. Já o casal de mestre-sala e porta-bandeira será Daniele e Juliano.

Aposta do presidente como um dos trunfos da escola em 2012, o samba-enredo é de Francisco Martins e será interpretado por Matheus Reis da Silva. Os ensaios vêm sendo realizados às segundas e quartas, a partir das 20h. “Grande parte da nossa motivação vem de nossos ensaios, que estão ficando lotados. Toda a comunidade vem demonstrando muita garra e confiança”, afirma Hugo.

Questionado se ainda há vagas para desfilar, ele alerta que é preciso ter pressa. “Os interessados têm que correr. Tem pessoas que vêm aqui e fecham uma ala inteira. Temos poucas vagas.” E uma mostra do que a escola levará para a Alberto Braune pode ser vista neste domingo, 29, a partir das 17h, no barracão da agremiação. “Vamos promover um evento de lançamento dos protótipos das fantasias que serão utilizadas e também faremos a apresentação da nossa rainha”, explica. Para comandar a festa estarão presentes a bateria e o intérprete da Acadêmicos do Prado, além do grupo Estilo Moleque. “Todos estão convidados. Nossa intenção é promover uma grande festa”, analisa o presidente. A escola se localiza na Rua Ventura Spargolli, S/N, Prado.

Publicidade
TAGS: