Sobre arte

Paula Farsoun

Com a palavra...

Paula é uma jovem friburguense, advogada, escritora e apaixonada desde sempre pela arte de escrever e o mundo dos livros. Ama família, flores e café e tem um olhar otimista voltado para o ser humano e suas relações, prerrogativas e experiências.

sexta-feira, 08 de dezembro de 2017

Um caminho lindíssimo todo enfeitado com hortênsias me convidou a refletir sobre a beleza e a perfeição daquelas flores e daquele cenário paradisíaco. Por coincidência (ou não), algumas horas depois observei na parede de um local muito familiar um quadro cuja paisagem era justamente um corredor de hortênsias. Não bastasse isso, vi aqui no jornal uma belíssima foto ostentando uma paisagem tão deslumbrante quanto a que não me saía da mente. Isso me levou a pensar sobre arte.

A arte é um eficaz componente de evolução e bem-estar. Arte alivia, edifica, enobrece, embeleza, salva. Arte eleva. Arte cura. Arte constrói pontes para o conhecimento nos mais diversos níveis. Incentivar a prática e a contemplação das mais variáveis formas de expressões artísticas é o objetivo da coluna essa semana. E sempre.

Seja por meio da literatura, música, exposições, museus, cinema, fotografias, pintura, teatro, dança, seja até mesmo, e principalmente, por meio do contato com a natureza (obra de arte do Criador manifestada em sua perfeição), a arte é capaz de transpor barreiras e construir pontes para o conhecimento nos mais diversos níveis, além de expressar sentimentos e emoções.

O contato com a arte e o fomento da cultura na esfera individual e também na coletiva, inquestionavelmente são transformadores e surtem efeitos positivos de dimensões incalculáveis. Por isso, sempre é hora de projetarmos uma realidade impregnada de tudo isso.

Sugiro aos leitores que simpatizam com esse ideal, que elaborem listas elencando livros a serem lidos, exposições que pretendem visitar, canções a serem apreciadas, filmes a serem assistidos, peças de teatros que desejam prestigiar e invistam tempo na contemplação e interação com a natureza.

Há uma série de razões pelas quais fazer listas pode ser a chave do sucesso de muitos projetos, inclusive o objetivo de investir tempo e vida no enobrecimento do corpo, da mente e da alma por meio das expressões artísticas.

Vivemos em uma cidade que de maneira geral nos oferece condições e oportunidades para desfrutarmos de tudo isso, seja por meio de sua natureza exuberante, seja pelo clima e cenário convidativos à leitura de um bom livro.

A época é ótima para planejarmos, muitas pessoas já providenciam agendas e cadernos novos para o próximo ano, para começar a escrever as primeiras linhas das páginas em branco de suas vidas. Que tal incluir em cada capítulo uma lista de atividades que envolvam contato com a arte e com a natureza?

Frases da semana:

“De todas as coisas humanas, a única que tem o fim em si mesma é a arte.” (Machado de Assis)

“A arte existe porque a vida não basta.” (Ferreira Gullar)

 “A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível.” (Leonardo da Vinci)

Publicidade
TAGS:

Paula Farsoun

Com a palavra...

Paula é uma jovem friburguense, advogada, escritora e apaixonada desde sempre pela arte de escrever e o mundo dos livros. Ama família, flores e café e tem um olhar otimista voltado para o ser humano e suas relações, prerrogativas e experiências.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.