Setembro Amarelo

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Setembro Amarelo
É mês de conscientização para a depressão e outros fatores que levam ao suicídio. Hoje, 10, é dia mundial de prevenção ao suicídio. Dados da Organização Mundial de Saúde ligam o alerta: uma pessoa a cada 40 segundos atenta contra a própria vida. Entre 15 e 24 anos de idade já é a 2ª maior causa de morte. Entre os homens é quase três vezes maior o número de suicídios do que entre as mulheres. 

É preciso falar disso
A rede pública é quase omissa nessa prevenção. Em Nova Friburgo, a rede dispõe de pouquíssimos psiquiatras e psicólogos. A rede de acolhimento e prevenção existe muito mais por profissionais e pessoas engajadas do que como política pública. Muito se fala, ainda que sem dados oficiais, de que o número de suicídios na cidade está acima da média nacional e que teria se elevado após a tragédia climática de 2011.

Páginas Amarelas
Pensando nisso, Bernardo Dugin dirige uma peça teatral que traz o tema para o centro das discussões. Páginas Amarelas estreia na sexta-feira, 13, às 19h30, na Usina Cultural. Com Gil Corrêa e Cyomara de Paula, em adaptação de David Massena. Além dos números, a montagem repercute que 90% dos suicídios são possíveis de se prevenir. 

Último dia
Acaba hoje, 10, a votação na página da Seeduc (Secretaria de Estado de Educação) para eleger a arte que estampará o uniforme de mais de 600 mil estudantes da rede pública de ensino. Nova Friburgo está na briga com outros 13 trabalhos, graças ao desenho de Pedro Henrique Lobo Vieira, do Ienf.

Cada curtida importa
A votação é aberta a todos que possuem uma conta no Facebook. Basta entrar na página da Seeduc, e curtir a arte do Ienf. Até o fechamento desta edição, o desenho friburguense estava na vice-liderança perdendo por apenas 700 curtidas.

Nova Friburgo em destaque
O mais bacana do desenho do aluno Pedro Henrique é o destaque que ele dá a Nova Friburgo. A arte que traz elementos do Estado do Rio de Janeiro tem o Cão Sentado entre eles. Só a capital tem destaque igual, com alusões ao Corcovado e os Arcos da Lapa. Os demais são generalistas da Região dos Lagos e da própria rede de educação com os cieps.           

Deu mole
Ao empatar em 1 a 1 com o Angra dos Reis, o Friburguense desperdiçou uma grande chance de praticamente garantir a sua classificação para as semifinais do 2º turno e de quebra se manter na briga pelas primeiras posições da classificação geral. O jogo aparentemente fácil, escondia, no entanto, um adversário desesperado para fugir do rebaixamento.

Bem fora de casa
Foi o 2º empate seguido em casa. Mas o bom retrospecto fora de casa alivia a pressão. Amanhã, 11, é a vez do Friburguense enfrentar o América. Um adversário com o qual o tricolor não tem tido muita sorte nos últimos confrontos. Hora pertinente para quebrar essa escrita.

Liderança perdida
Com o empate diante do Angra e a vitória do Duque de Caxias, o Friburguense perdeu a liderança do grupo B, caindo para a 2ª posição. Apenas um ponto o separa da dianteira. Ficar em 1º garante grande vantagem nas semifinais do turno. O líder, joga em casa e ainda pelo empate.

Gordura para queimar
A diferença para o 3º colocado (Bonsucesso) é de confortáveis cinco pontos. Ou seja, mesmo que perca para o América e o Bonsucesso vença o Audax, o Frisão se mantém na zona de classificação. 

Briga na geral
Já na classificação geral, a coisa se complicou um pouco. O time de Cadão se manteve na 5ª posição, mas a diferença de pontos para a zona de classificação (os dois melhores se classificam para as semifinais gerais) subiu para quatro pontos. América (30), Bonsucesso (29), Goytacaz (28) e Duque de Caxias (26), estão na frente do Tricolor Serrano que tem 25.

Confrontos diretos
A apenas três rodadas do fim, a boa notícia é que o Friburguense têm confrontos diretos com o líder América e o 3º colocado Goytacaz. Ambos, no entanto, fora de casa. O jogo com o Goytacaz na última rodada pode se tornar uma decisão de vaga tanto para as semifinais do turno, como para as semifinais gerais. O Friburguense vencendo passaria o time campista no número de vitórias, roubando assim o seu lugar na classificação geral. Caberia apenas uma torcida contra o Duque de Caxias que tem pela frente Nova Cidade, Gonçalense e Sampaio Corrêa.

O curioso caso América
O América lidera a classificação geral e já ganhou o 1º turno. Caso vença também o 2º, conquista a vaga antecipada para a seletiva da elite estadual. Assim, os dois melhores da classificação geral disputariam uma semifinal para decidir o outro finalista que garante também o acesso. Hoje, essa semifinal seria entre Bonsucesso e Goytacaz. Os dois também seriam os classificados, caso outro time que não o América vença o 2º turno.     

Palavreando
“Respeitar. O outro. Cada outro. Não apenas o outro que se escolhe no meio da multidão. Merece respeito e reconhecimento como alguém todo outro que como você quer ser feliz”.

Foto da galeria
“MUITO PRAZER, SOU NOVA FRIBURGO” - Quem não se lembra do Véu das Noivas? Uma cachoeira artificial, mas no meio da natureza, às margens da RJ-116. De fácil acesso e deslumbre. Desde 2011, após a tragédia, a noiva deixou de exibir seu véu de águas. A possibilidade de retorno é real. Mas não há nada em curso nesse sentido para além de conversas de bastidores e projetos de futuro.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.