Parabéns pra você

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Parabéns pra você
O aniversário de uma cidade é como se fosse o aniversário do conjunto de todas as pessoas que a compõe. Daqueles que assim como eu tiveram o privilégio de nascer aqui, daqueles que adotaram essas terras como suas, daqueles que de alguma forma tem uma relação de presença com Nova Friburgo.

Refletir é preciso
Como o aniversário de uma pessoa, é momento excepcional para reflexão do que foi vivido e do que se quer viver. Mas será que a gente consegue se reconhecer na história e sabe onde queremos chegar?

Não é só fábula
No livro Alice no País das Maravilhas, uma frase me remete a questão crucial para o futuro de uma cidade. Diz o trecho em que Alice pergunta ao gato sobre que caminho tomar: “quando a gente não sabe para aonde vai, qualquer caminho serve”.

Mais do que não se quer, é aquilo que se quer
Talvez qualquer caminho não nos sirva mais, basta olhar onde estamos. Mas é preciso saber: onde queremos chegar?

Ver o horizonte
Ver além das montanhas é fundamental, tanto quanto não se isolar como se estivéssemos numa ilha protegida pelas montanhas. É uníssono que Nova Friburgo tem muitas vocações e potencialidades. Mas vocações e potencialidades não aproveitadas se tornam nada.

Convite
O 16 de maio é data espetacular para se pensar a cidade e em si como parte dela. Mais do que os desfiles, os festejos, o feriado e até os eventuais protestos, está a reflexão profunda a que deveríamos nos convidar a fazer.

Planejamento
A partir dela é que se pode planejar e traçar metas no tempo-espaço. É como fazemos na vida pessoal. Nesse ano, quero comprar isso, quero fazer aquilo ou começar a caminhar por esse caminho.

Identidade
É também reconhecer as pessoas como essência fundamental da cidade. E a partir das pessoas, reconhecer as instituições que num grande mosaico formam a identidade do povo friburguense.

Quem faz a cidade são as pessoas
Entre essas instituições é inegável a força do futebol e que o maior divulgador de Nova Friburgo é o Friburguense. Mas pensemos nesse exemplo: o quanto a cidade abraça o Friburguense?

Nossas instituições nos definem
O empresariado não abraça o clube e até mesmo a torcida é tímida. Sempre são os memos  300 torcedores que comparecem ao Eduardo Guinle para dar força ao tricolor.

Friburguense
Claro, o Friburguense é tímido no que diz respeito ao marketing. Comprar uma camisa do Friburguense é quase um desafio para o torcedor comum. Daí a esperança de que a parceria com a InterTV possa mudar essa rota acoplado a um aguardado programa de sócio torcedor.

Frizão entusiasmando
Nas quatro linhas, quem está acompanhando de perto os treinos do Friburguense, incluindo os amistosos de preparação, tem se empolgado com o time. Mesmo com tantas mudanças, comparando com o elenco do ano passado, o entrosamento e os encaixes dão esperança de que, mesmo sem dinheiro, o Friburguense entre como um dos favoritos ao acesso. Que assim seja!

Palavreando

Cidade das Estrelas

“Aqui as estrelas passeiam entre nós
Nos convidando a dançar
E em seus vales cascatas de luz
Sua beleza me seduz

Parada de um caminho a caminho do céu
Suspiram a saudade, o ciúme e o amor
Na fonte renova a esperança
Palavras de um trovador

Sublimes sabores
Cidade das flores
Amores ao luar
Num canto Benito
Homem da Montanha, eu sou
Friburgo é paz
Nova Friburgo me faz

Friburgo me encanta e me acolhe
Impossível é te esquecer
Sua gente feliz e valente
É quem te faz renascer”.

Neste aniversário de 201 anos de Nova Friburgo, trago a música que fiz em parceria com Filipe Louzada e Marcelo Pinguin, disponível no meu canal no YouTube com o título: Nova Friburgo - Cidade das Estrelas.

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.