Olímpiada internacional

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

terça-feira, 08 de outubro de 2019

Olímpiada internacional

Nova Friburgo sediará a Olimpíada de Matemática da comunidade de países de língua portuguesa. O evento, de 3 a 8 de novembro, acontecerá na escola Miosótis. Além de quatro estudantes brasileiros, o evento receberá alunos de Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor Leste e São Tomé e Príncipe.

Friburguense no time Brasil

Notícia ainda melhor e que motivou a cidade a tornar-se sede da competição, é que dos quatro brasileiros qualificados, um é friburguense. O estudante Pedro de Oliveira Lengruber Lack. Ressalte-se, o único estudante do interior fluminense, já que os demais são dois de Fortaleza e um do Rio de Janeiro.

Orgulho friburguense

Pedro garantiu vaga na Olimpíada Internacional, após expressivos resultados nas Olimpíada Brasileira de Matemática que o credenciaram para as seletivas da Olimpíada de Matemática do Cone Sul e também da olimpíada dos países de língua portuguesa. Atualmente cursando o 1º ano do ensino médio, Pedro conquistou o direito de representar o Brasil que é Nova Friburgo na competição.

1ª vez no interior

Em sua 9ª edição, é a primeira vez que o evento tem um friburguense. É a 3ª vez que o Brasil é sede. Antes de Nova Friburgo, neste ano, receberam a olimpíada internacional as capitais Salvador-BA, em 2012, e Fortaleza-CE, em 2016. Portanto, é a 1ª vez que acontecerá em um município do interior.   

Desafios matemáticos

Os participantes terão que resolver problemas de matemática, propostos pelos países participantes e selecionados por um júri internacional. As questões abrangem disciplinas como álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória. Na premiação serão entregues medalhas de ouro, prata, bronze e menções honrosas. Sorte ao gênio friburguense.

Pesou o cansaço

A maratona de jogos e viagens pesou para o Friburguense que sentiu o cansaço no 2º tempo da 1ª partida da final da Série B diante do América. O time que comandou o 1º tempo, se viu em apuros na etapa final. Tal fato traz otimismo. Inteiro, o Friburguense vive melhor fase que o América.

Uma semana

O fato é que pela primeira vez depois de muito tempo, o técnico Cadão terá uma semana para trabalhar. Descansar o time, fazer acertos diante de um adversário conhecido. Afinal, sábado que vem, 12, na finalíssima, será a 4ª vez que os dois times se enfrentam.

Decisão

E aí, será à vera. O América venceu por 1 a 0 na fase classificatória e perdeu por 1 a 0 na final do 2º turno. Na única partida em Nova Friburgo, empate de 1 a 1. Novo empate levará não só a decisão para os pênaltis como ditará o vencedor dos confrontos em 2019.

Bom retrospecto

O Friburguense é um dos melhores visitantes da competição. São seis vitórias fora de casa, sendo que venceu as três últimas partidas como visitante. Um número extraordinário de 100% de aproveitamento jogando as partidas decisivas ou mata-mata fora de casa. Bons números para a decisão em Moça Bonita.

Copa Rio

O time que conquistar o título da segundona, além do acesso à elite já conquistado por América e Friburguense, ganha vaga na 2ª fase da Copa Rio, caminho mais rápido para atingir a Copa do Brasil ou a Série D do Brasileiro. Os oito primeiros desse ano se classificam, mas apenas o campeão entra direto na 2ª fase.

Vantagem de campeão

Estão garantidos na Copa Rio pela segundona: Friburguense, América, Goytacaz, Bonsucesso, Sampaio Corrêa, Audax, Artsul e Duque de Caxias. Friburguense ou América se juntarão a Bangu, Volta Redonda, Cabofriense, Boavista, Resende e Madureira, direto na 2ª fase.   

Palavreando

“Cansei de falácias, descansei meus argumentos. Cansei de testemunhos, descansei minhas respostas, especialmente as prontas”.

Foto da galeria
A feira da Vila Amélia tem se tornado cada vez mais um espaço que vai para além de compra de verduras e legumes. O pastel do Laerte e a comida japonesa nas peixarias do espaço já são famosos, como está se tornando concorrida as apresentações musicais do Jegue Jr Bistrô. Para tanta demanda, banheiros novos. O sonho é que um dia a feira se torne, de maneira estruturada, o verdadeiro mercado municipal como referência de ponto turístico.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.