Laço Branco

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Laço Branco
O movimento Laço Branco que pede o fim da violência contra as mulheres continua firme e ganhou importante reforço. Os cartazes da campanha estão ganhando os ônibus da cidade, tanto internamente nos coletivos, como nas traseiras (busdoor). É uma iniciativa de um grupo liderado por Ana Paula Lengruber e que conta com apoio de instituições como a OAB.

Parcerias e mobilização
A nova fase da campanha, que segue nas redes sociais e nos veículos de comunicação parceiros, se dá graças a uma ação coordenada com a agência que gerencia a propaganda dos ônibus urbanos locais, a Itabus, e empresas parceiras.  

Não pode parar
Inspirada numa ação mundial iniciada nos anos 90, os alarmantes registros de violência contra as mulheres em Nova Friburgo, incluindo feminicídio, fizeram com que a mobilização crescesse e a campanha ganhasse os contornos que ganhou. E não vai parar, enquanto casos de violência contra as mulheres ainda forem uma dura realidade.

Restituição do DPVAT
Quem já pagou o IPVA? Pois quem já pagou, terá agora o trabalho de pedir a restituição de parte do valor pago pelo seguro DPVAT. O depósito em conta-corrente ou poupança é feito em até dois dias úteis a partir da solicitação. Até o dia 8 estava em vigor a tabela de valores do ano passado, mas após decisão judicial, os valores foram reduzidos seguindo o que havia sido definido pelo Conselho de Trânsito.

Dá trabalho
A seguradora Líder, consórcio que administra o DPVAT, acatará os pedidos feitos no site, onde o proprietário de veículo deve informar CPF ou CNPJ, Renavam, email e telefone para contato, data em foi feito o pagamento, valor pago, banco e agência da conta-corrente ou poupança.

Novo campeonato
Encerrada a seletiva, o Friburguense começa agora um novo campeonato que vale a manutenção na primeira divisão, ainda que na seletiva do ano que vem. Tudo zerou e nada importa as colocações de cada time. Dos quatro competidores (América, Americano, Friburguense e Nova Iguaçu), apenas um cairá para a segundona.

Dupla chance
A nova competição que se forma é em duas fases. Na que começa neste sábado, 18, os quatro se enfrentam em jogos de ida e volta e apenas o que somar mais pontos garante a vaga na seletiva do ano que vem. Os demais formam um novo grupo com mais jogos de ida e volta, onde o último é rebaixado e os dois primeiros se garantem na seletiva.

Quanto antes, melhor
Para ganhar esse grupo, estima-se que com 12 pontos uma equipe assegurará a liderança. Mas é apenas projeção. Vale lembrar que as projeções para a seletiva era que um time precisava alcançar nove pontos para se classificar para a fase principal. Foram necessários apenas sete. O Friburguense cresceu nas duas últimas partidas o que dá esperanças.

Última seletiva
A seletiva do ano que vem contará com seis clubes: o último da fase principal desse ano, os três que se salvarem nesse torneio que se inicia nesse sábado, 18, mais o campeão e o vice da segundona deste ano. Os seis se enfrentam em jogos apenas de ida. Somente o melhor colocado vai para a fase principal. Os cinco que sobrarem jogam a nova segundona já em 2021 que será completada com os sete demais primeiros colocados da segundona.

Mais atrativo
A partir de 2021 o Estadual terá quatro divisões, todas com 12 clubes e o mesmo formato de disputa. Dois grupos de seis, turno e returno, duas ou três semifinais. Apenas um time cairá de divisão e apenas um subirá. A cota de TV paga hoje na seletiva financiará a nova segundona, com os valores atuais divididos entre os participantes.

Prejuízo do rubro-negro
Por falar em cota de TV, o assunto do momento é a possível ausência de jogos do Flamengo na TV aberta. O que não se fala é que essa falta de acordo vem prejudicando os clubes pequenos. Com a ausência do Flamengo, os valores estão sendo redefinidos. O Friburguense receberá, por enquanto, apenas 40% do que estava inicialmente previsto. Um prejuízo enorme e um rombo no planejamento projetado.

Escassez de recursos
A torcida é para que o Flamengo feche o acordo com a Globo, mas por enquanto o que se percebe é que isso não ocorrerá. Ambos os lados estão fazendo linha dura. Para o Friburguense representa muito receber a cota prevista, na faixa de R$ 700 mil. Mas nem R$ 300 mil virão. Pior, se a previsão era receber em novembro, o dinheiro pela metade só deve chegar agora.  

Palavreando
“Nós, brasileiros, não somos assim. Não podemos ser esses zumbis moralistas sem ética e respeito. Somos um povo cristão que vai e que também não vai à igreja. Que tem religião, mas que também não tem religião e é espiritualista”.

Foto da galeria
O ator Renato Góes está de volta a Nova Friburgo para filmar mais um filme. Depois de protagonizar “Macabro”, que ainda não estreou no circuito comercial, o galã filma agora um longa sobre Lilith, nas mesmas locações do filme inspirado na história dos irmãos necrófilos: Três Picos. Apaixonado por viagens, o global demonstra encantamento com Nova Friburgo nas suas postagens nas redes sociais que são seguidas por quase um milhão de pessoas. Reprodução Instagram, foto de Frederico Passini.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.