Investimentos robustos

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Investimentos robustos
A concessionária de energia elétrica de Nova Friburgo, Energisa, deve investir R$ 15,5 milhões na modernização e expansão de sua rede de distribuição local. A empresa conseguiu a aprovação do Ministério de Minas e Energia como prioritário seu programa de investimentos.

Operação financeira
Assim, a empresa está autorizada a emitir debêntures (título de crédito) de infraestrutura para financiar os investimentos que se estendem a outras subsidiárias como Mato Grosso e Tocantins, estados que a empresa também opera.

Investimentos
A operação financeira apresenta vantagens fiscais atraentes aos investidores. O projeto de modernização e expansão, por regra, não inclui obras do programa Luz para Todos. Sendo esse, portanto, um investimento específico.

R$ 15,5 milhões
Segundo o Ministério de Minas e Energia, o investimento da empresa de energia elétrica em Nova Friburgo foi de R$ 7,7 milhões neste ano e se somam a outros R$ 5,2 milhões de 2018. Ou seja, o investimento previsto é maior do que dos dois últimos anos juntos.

Reinauguração do Degase
Está no forno o concurso para agentes do Degase. Atualmente, o processo tramita na secretaria de Estado de Educação, responsável pelas unidades. Prestes a reinaugurar a unidade de Nova Friburgo, o departamento de medidas socioeducativas a menores infratores estima uma defasagem de 25% no seu quadro de funcionários.

Concurso em vista
A expectativa é que sejam abertas aproximadamente 300 vagas. A Justiça determinou que fosse avaliado o impacto financeiro para a abertura de 322 vagas. A maioria delas para a capital. O concurso exige ensino médio completo e o salário é de R$ 2.822,57 mais auxílio alimentação. Ainda não há previsão oficial para o lançamento do edital do concurso.

Ordem dos desfiles
A Liga das Escolas de Samba de Nova Friburgo realiza no próximo domingo, 25, na quadra da atual campeã do carnaval friburguense, Vilage no Samba, o sorteio que definirá a ordem dos desfiles das agremiações no Carnaval 2020. No sábado de folia, os blocos de enredo e no domingo, as escolas de samba.     

Blocos de enredo?
Fato é que não pegou a ideia de mudar a nomenclatura de blocos de enredo para escolas de samba do grupo A. Mudou apenas o nome, já que as estruturas são as mesmas. Para além disso, a ausência de acesso e rebaixamento faz com que a mudança não mude na verdade absolutamente nada. No entanto, não há qualquer indício de se voltar atrás na decisão das escolas do grupo A voltarem a se chamar blocos de enredo. Trata-se aqui, apenas de uma observação.

Mudança de nome
Pouca gente reparou na mudança do nome da Alunos do Samba. A mais antiga agremiação carnavalesca da cidade incluiu o nome do distrito que a abriga no seu nome. Grêmio Recreativo Escola de Samba Alunos do Samba de Conselheiro Paulino. A azul e branco tem se renovado e é visível a volta da comunidade em suas atividades.

Renovação da azul e branco
As mudanças feitas no barracão com uma nova estrutura tem avaliação positiva. Agora, o próximo passo dessa reorganização é conseguir os títulos de utilidade pública.   

Palavreando
“O tempo passa depressa. A infância logo amadurece e a gente passa a compreender aquilo que não queria aprender”.

Foto da galeria
​Completaram oito anos dos shows da dupla As Filhas de Bamba. Em grande festa na Vilage, Giselle e Nathália mantém a tradição do samba raiz, herança de seu pai, Devaldo Silva, o Papagaio. A agenda de shows está cheia e as meninas provam que samba não tem cor, gênero ou idade.
Publicidade
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna às terças e quintas.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.