O jovem acadêmico

Tereza Malcher

Tereza Cristina Malcher Campitelli

Momentos Literários

Tereza Malcher é mestre em educação pela PUC-Rio, escritora de livros infantojuvenis, presidente da Academia Friburguense de Letras e ganhadora, em 2014, do Prêmio OFF Flip de Literatura.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

A Academia Friburguense de Letras vai abrir vagas para jovens acadêmicos neste primeiro semestre de 2018. Em 2017, criamos o Anexo Jovem e demos posse a cinco escritores de 16 a 30 anos. Ao longo do ano passado, tivemos a satisfação de vê-los movimentar a nossa Casa com lançamento de livros, participação ativa em nossos eventos, colaboração efetiva nas atividades de rotina. O que mais nos sensibilizou foi sentir a alegria de cada um deles em fazer parte de uma entidade representante da literatura em Nova Friburgo, incentivadora da cultura e acolhedora de pessoas sensíveis às letras.

Uma palavra que me vem à mente: movimento. A Casa de Salusse, em seus setenta anos de vida, tem estado com suas portas e janelas abertas; hoje, está em processo de transformação. Estes jovens estão aprendendo o fazer de um espaço literário produtivo e saudável da cidade e preparam-se para mantê-lo com vivacidade no futuro, pois serão eles quem darão continuidade ao que estamos fomentando agora. Ou seja, da mesma forma que damos continuidade aos esforços dos acadêmicos a quem sucedemos, cujas raízes que plantaram germinaram rosas de cores belas e vibrantes, eles fazem parte deste fio condutor literário e que, desde cedo, têm a oportunidade de realizarem experiências literárias, administrativas e culturais que os amadurecerão para uma ação futura mais competente, inclusive, que a nossa.

Quando o nosso Anexo foi constituído, todos nós, inclusive eles, tivemos a possibilidade de conhecer com mais profundidade a vida dos acadêmicos que nos antecederam, desde a fundação da AFL em 1947 e de reconhecer a grandiosidade do trabalho que fizeram, o que nos responsabiliza a darmos continuidade ao que plantaram com o nosso melhor empenho. Estas atitudes e sentimentos, o que muito me contenta, tenho visto nos jovens. Mesmo nos que, por razão de trabalho, não podem estar totalmente presentes. Entretanto, são orgulhosos por pertencerem à Casa de Salusse.  

Em 2018, são os jovens que estão trazendo as relações entre o cinema e a literatura para a AFL, numa decisão ousada e inovadora. Temos que pisar em novos terrenos, temos que esticar nossas mãos para áreas afins como o cinema, teatro e a música porque todas essas artes têm a literatura como ponto de partida. Com a disponibilidade e os ideais do espírito jovem, a AFL poderá ampliar suas possibilidades de ser academia de letras.

O Brasil precisa dos nossos voluntários esforços. A literatura amparada pela cultura e abraçada com as artes afins tem como disseminar valores significativos à vida e à convivência humana.

Que venham os jovens à nossa Casa!

 

Publicidade
TAGS:
Tereza Malcher

Tereza Cristina Malcher Campitelli

Momentos Literários

Tereza Malcher é mestre em educação pela PUC-Rio, escritora de livros infantojuvenis, presidente da Academia Friburguense de Letras e ganhadora, em 2014, do Prêmio OFF Flip de Literatura.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.