Coleta Seletiva

Renata de Rivera

Meu Bairro Sustentável

O projeto do núcleo Meu Bairro+200 idealizado por Renata de Rivera visa tornar Nova Friburgo uma cidade sustentável. Sua coluna traz dicas de ações por uma cidade mais limpa, com menos lixo e poluição e uma vida mais saudável.

terça-feira, 05 de fevereiro de 2019

Consiste no descarte correto dos resíduos sólidos, orgânicos, rejeitos e óleo vegetal usado, além de incentivar hábitos de vida mais saudáveis.

Plástico, papel e metal, é o que as pessoas pensam quando se fala em coleta seletiva, entretanto, na prática a coisa funciona um pouco diferente. Não é todo plástico, papel ou metal, que pode ser reciclado, assim como também não é de qualquer maneira que eles poderão ser destinados para reciclagem. Embalagens descartáveis na maioria das vezes não são recicláveis, por isso é muito importante que cada pessoa carregue consigo seu próprio copo para evitar usar tantos copos descartáveis.

Apesar de ser uma regra simples, limpo, seco e separado, a maioria das pessoas não atenta para alguns detalhes e acabam errando na hora da separação:.

Limpo

Resíduos sujos não podem ser enviados para reciclagem pois atraem vetores e, lembremos sempre, ninguém merece manusear um lixo podre e fedorento, respeite o catador.

Um erro frequentemente comum é a entrega de embalagens sujas, como por exemplo caixas de leite, caixas de molho de tomate, latas de milho e ervilha, sardinha e etc. Se, em poucos dias estas embalagens já produzem o mau cheiro, imagina então, até que sejam prensadas e destinadas à reciclagem!

Seco

Os resíduos a serem enviados para reciclagem devem estar o mais seco possível, pois a umidade atrapalha no momento da venda do material.

O papelão é um ótimo exemplo. Um fardo inteiro com toneladas de papelão pode ser recusado na hora da venda caso seja detectado uma certa porcentagem de umidade acima do aceitável.

Separado

Infelizmente até o momento não temos outra alternativa, os resíduos precisam estar o mais separados possível.

Se achamos que dá trabalho separar em nossos lares, nós, que produzimos cerca de 1kg de lixo/pessoa por dia, tente pensar numa cooperativa ou empresa de reciclagem que recebe em média 150 toneladas/dia. Dito isto, não custa facilitar.

Uma simples garrafa pet possui separação por cores e tipos de material que a compõe. Separam-se as tampas e os plásticos que as envolvem, por ser este um plástico diferente conhecido popularmente como plástico fino.

O MBS sabe a importância dessa conscientização e por isso realiza frequentemente entre as suas oficinas, a oficina de coleta seletiva. Após todas estas orientações com relação à separação mais adequada dos resíduos, é feito um teste com os participantes e aqueles que acertaram pelo menos 90% dos resíduos nas lixeiras corretas ganharam uma muda de árvore nativa, ornamental ou frutífera de acordo com sua preferência.

O que achou desta ação?  Deseja tê-la em sua comunidade? Entre em contato conosco, teremos prazer em realizá-la no seu bairro.

Seja um parceiro do Meu Bairro Sustentável

Contatos: 22 999383408
e-mail:meubairrosustentavel@outlook.com
facebook.com/meubairrosustentavel
facebook.com/disqueoleousado
youtube- MBS- Meu Bairro Sustentável

Publicidade
TAGS:

Renata de Rivera

Meu Bairro Sustentável

O projeto do núcleo Meu Bairro+200 idealizado por Renata de Rivera visa tornar Nova Friburgo uma cidade sustentável. Sua coluna traz dicas de ações por uma cidade mais limpa, com menos lixo e poluição e uma vida mais saudável.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.