Tema quente

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Para pensar:

“Não há graus de vaidade, apenas graus de habilidade em disfarçá-la.”

Mark Twain

Para refletir:

“É preciso ensinar aos homens como se não ensinasse realmente, propondo-lhes coisas que não sabem como se as tivessem apenas esquecido.”

Alexander Pope

Tema quente

Basta a gente falar sobre UPA para que um monte de fontes confiáveis acrescentem dados interessantes.

O assessor parlamentar, jornalista Nelson Cunha, lotado no gabinete do vereador Wellington Moreira, lembra, por exemplo, que o caráter tripartite das unidades às submete a critérios estabelecidos por esferas superiores, entre os quais os de população recomendada para a área de abrangência, que definitivamente não seriam cumpridos aqui no caso de uma segunda ou - menos ainda - terceira UPAs.

Ao vento

Naturalmente isso não significa dizer que uma segunda UPA em Nova Friburgo seja uma impossibilidade, até mesmo porque influências ainda são decisivas no jogo político, e talvez nunca deixem de ser.

Mas significa que nenhum candidato, agindo com seriedade, teria condições de prometer em campanha uma nova UPA para a cidade, uma vez que a medida - no contexto em que se dá - não teria respaldo automático por parte de esferas superiores.

Indignidade

Enfim, ainda que a cidade deva se unir para cobrar o que lhe foi prometido - e não deixa de ser lamentável que isso se faça necessário -, fica cada vez mais claro que teve gente brincando com coisa muito séria no período eleitoral, capitalizando votos em cima de sofrimentos muito concretos das populações de Olaria, São Geraldo e bairros adjacentes.

Isso, perdoem a sinceridade, é uma indignidade sem tamanho.

Nova data

A coluna de sexta-feira, 6, registrou a ação de plantio de mudas a ser realizada pela empresa de ônibus Faol no futuro próximo.

Algumas informações, no entanto, sofreram alterações.

A data da contagem de passageiros, por exemplo, foi transferida para o dia 21 de setembro, quando se celebra o Dia da Árvore.

E também não serão contabilizados apenas os passageiros pagantes, mas todos que forem transportados naquele dia.

Estimativa

A empresa estima que o número final, a ser convertido em mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, ficará próximo a 45 mil.

Além disso, a descrição do projeto informa que o plantio irá priorizar “áreas públicas ou privadas que foram afetadas pelas recentes queimadas ou que permanecem desmatadas desde a época da tragédia das chuvas de 2011 ou mesmo de períodos anteriores”.

Meios

Ainda de acordo com a empresa, o reflorestamento será efetivado através do plantio direto de mudas de árvores pela equipe de colaboradores voluntários da empresa; plantio direto de mudas de árvores por projetos de entidades parceiras; da distribuição de mudas, que serão fornecidas por parceiros ou criadas em viveiro dentro da empresa, acompanhadas de folheto com instruções sobre os procedimentos a serem seguidos.

Lançamento

O primeiro evento, marcando o lançamento do projeto, será a distribuição de 100 mudas de árvores, na Estação Livre, no próximo dia 21, um sábado.

Também está prevista a distribuição de sementes, que serão fornecidas por parceiros ou adquiridas pela empresa, acompanhadas de folheto com instruções sobre os procedimentos a serem seguidos.

A Faol afirma ainda que tentará a adoção das 13 mil mudas de árvores do “Legado Olímpico” junto às entidades que seriam responsáveis pelo seu plantio.

Braunes

E já que falamos tanto sobre a empresa Faol, a coluna aproveita a deixa para registrar o depoimento da fiel leitora Raquel Souza, enviado dias atrás e representativo de alguns moradores do bairro Braunes que têm manifestado insatisfação em relação aos horários praticados pela empresa na localidade.

Aspas

“A escassez e o descumprimento de horários cansam a população, e abrem brechas para a utilização de transportes alternativos para chegar em casa. No último dia 4, uma quarta-feira, por exemplo, não teve o horário de 16h40 para as Braunes, e o próximo só foi passar às 18h40 na Rua Monte Líbano. Alguém acha que é legal ficar no ponto por uma hora e meia ou mais? E de manhã para trabalhar? O horário de saída do bairro agora é 8h58, como vocês acham que os trabalhadores chegam ao trabalho às 9h? Estou falando da minha linha mas com certeza outras localidades também sofrem com isso.”

Preferenciais

A Câmara Municipal deve apreciar, durante a sessão ordinária da próxima terça-feira, 17, projeto de lei apresentado pelo vereador Wellington Moreira que pretende tornar preferenciais todos os assentos dos veículos de transporte público.

Caso a matéria venha a ser aprovada e sancionada, idosos, obesos e portadores de deficiência terão direito legal à preferência em qualquer assento dos ônibus e vans legalizadas e não só aos reservados. 

Lei similar já está em vigor nos ônibus intermunicipais do nosso estado, e nos municípios de São Paulo, Sorocaba, João Pessoa, além do Distrito Federal.

Triste pertinência

Cá entre nós, bom mesmo seria se todos fôssemos educados para agir com educação e respeito não apenas nesta, mas em todas as situações do cotidiano, estimulando a consciência de que o grau de inclusividade de uma sociedade representa um dos parâmetros mais precisos a respeito de seu nível de maturidade.

Se assim fosse, leis como essa se tornariam absolutamente redundantes, e viver certamente seria muito mais agradável.

No contexto atual, no entanto, sua aprovação parece tristemente pertinente.

Suspiro

Seguem as manifestações dos leitores a respeito do futuro da Praça do Suspiro.

“A respeito da futura obra para modernização da Praça do Suspiro, no terreno recém-adquirido pela prefeitura, seria muito interessante já se posicionar o ente público acerca das árvores maiores e centenárias que ali estão, evitando-se cortes desnecessários e futuras indagações, como aquelas ocorridas no governo anterior. Até porque podemos evoluir sem que seja necessário nos desfazermos de nossas belas árvores, perdendo sombras tão preciosas hoje em dia.”

Assina a mensagem o leitor Marcelo Reitberger.

Programão

Hum, olha só que programa legal.

A Aliança Francesa abre suas portas aqui em Nova Friburgo na noite desta sexta-feira, 13, para mais uma edição de seu Cineclub.

Às 19h será exibido o filme L’enfant, que recebeu a Palma de Ouro de melhor filme no Festival de Cannes.

A exibição é gratuita, e aberta à sociedade.

Sob nova direção

No último domingo, 8, o PT realizou seu Processo de Eleição Direta em diversos municípios do Brasil.

Em Nova Friburgo, mais de 200 filiados compareceram à Câmara Municipal para eleger o presidente do Diretório Municipal, e também votar nas chapas municipal, estadual e nacional, que ocuparão funções nos diretórios em proporção aos votos obtidos na eleição.

Resultado

O vereador Norival Espíndola obteve 176 votos, equivalentes a 80% do total.

Com esse resultado, a chapa Resistência, liderada por ele, indicará 80% dos ocupantes do diretório e da executiva do partido.

A chapa PT Militante, liderada por Norma de Fátima Munhê de Carvalho indicará os ocupantes restantes.

Pelos animais

Acontece neste domingo, 15, o 4º Almoço Beneficente S.O.S. Protetores de Nova Friburgo.

O evento será realizado no Clube de Xadrez a partir das 12h, e inclui um monte de atividades, entre as quais o concorrido desfile pet, concorrendo a prêmios.

Também haverá cães para adoção, bingo, bazar, e o mais importante: a oportunidade de ajudar um pouco a quem tem sempre ajudado muito.

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.