Sessão importante

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Para refletir:

"Os sinos tocam de modo muito diferente do normal quando morre um amigo."

Martinho Lutero

Sessão importante

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta quinta-feira, 13, começou cedinho, mas merece ser vista com atenção pois abrigou muitos assuntos de interesse da população.

A coluna destaca, por exemplo, a aprovação de um pertinente requerimento de informação protocolado pelo vereador Norival, questionando qual a “destinação dos recursos adquiridos através de venda de ações, com o objetivo de adquirir a propriedade onde funcionava todo o complexo da antiga Fábrica Ypu”.

Oportuno

A pergunta é muito oportuna, embora saibamos que se trata de recurso amarrado por lei municipal para a realização de investimentos bem determinados, não podendo ser redirecionado, por exemplo, para custeio.

Mas, claro, existe um detalhe importante aí: estamos falando de montante próximo a R$ 25 milhões, e isso faz muita diferença.

Previsível

Vozes de bastidores, muitos meses atrás, já profetizavam que o governo não iria apresentar mais recursos na busca por adquirir o imóvel da fábrica Ypu.

O fato é que tem gente que anda sonhando com esse dinheiro, e há quem aposte numa grande obra para a construção de um novo prédio onde funcionava a antiga Rodoviária Leopoldina, entre outras obras que devem consumir apenas uma parcela dessa bolada.

Até porque a graça, claro, está na parcela que não será investida.

Há que se ficar de olho muito vivo em relação a isso daí.

A propósito

O vereador Sérgio Louback levantou a questão, e o vereador Norival deve preparar peça complementar solicitando informações a respeito do destino da polpuda comissão do leiloeiro nessa história aí.

É de se esperar que o plenário aprove igualmente tal questionamento.

Sem adicionais

Outro relevante requerimento de informação foi apresentado pela Comissão de Saúde, Prevenção e Combate ao Uso de Drogas, demandando esclarecimentos a respeito da “falta de pagamento de adicionais aos enfermeiros do Programa Estratégia de Saúde da Família”.

A exemplo dos requerimentos anteriores, este também foi aprovado por unanimidade.

Resta ver agora se as peças serão efetivamente respondidas, ou apenas servirão de gatilho para os cínicos pedidos de dilação de prazo.

Sem condições

A sessão também foi marcada pelo tratamento dado a diversos projetos vindos do Executivo, mas detalharemos esse assunto em coluna próxima.

Por ora, cabe registrar que o aberrante projeto 467/2018, que “dispõe sobre o macrozoneamento ambiental e do zoneamento de Nova Friburgo, delimita os parâmetros urbanísticos para construção civil, e dá outras providências” foi retirado de pauta.

Concebido pelos motivos errados, e desenvolvido em meio a absurdos jurídicos, o projeto certamente causaria embaraço se tivesse ido a discussão.

Iminente

A coluna tem recebido diversas mensagens enviadas por motoristas preocupados com a constante presença de animais de grande porte soltos e sozinhos, especialmente nas proximidades do distrito de Riograndina.

A situação também tem causado apreensão entre os motoristas da concessionária de transporte coletivo, diariamente expostos a essa tensão extra.

Antes que seja tarde

Às autoridades competentes fica o apelo por maior fiscalização, antes que tenhamos mais sofrimento desnecessário em nossas estradas.

Este espaço, como sempre, fica aberto a quaisquer manifestações que julguem oportunas.

Prestando contas

Fim de ano chegando, e a coluna começa a ser procurada a fim de apoiar algumas prestações de contas.

Abaixo, reproduzimos material recebido da Câmara Municipal, a respeito do projeto Câmara Jovem, e em seguida informações enviadas pelo Sinsenf, o sindicato dos servidores municipais.

Câmara Jovem

“Na contramão da história política atual, o projeto Câmara Jovem vem plantando a semente em busca de um futuro melhor, da conscientização do que realmente é a política, de como exercer de forma correta a cidadania. A diplomação dos alunos da 7ª edição do projeto aconteceu na noite da última terça-feira, 11, na Câmara Municipal.”

Conheça, abaixo, os jovens vereadores de 2018:

Legislatura
Ana Karollyna Schuenck de Azevedo (Colégio Municipal Ceffa Rei Alberto I); Davi da Silva (Centro Municipal de Educação e Saúde Padre Rafael); Estela Ferrari Melhorance (Escola Municipal Juscelino Kubitscheck de Oliveira); Gabriel Torres Carvalho da Silva (Colégio Anchieta); João Gabriel Bom Corrêa (Colégio Municipal Rui Barbosa); Jhosseny Fonseca Leite (Colégio Municipal Odette Penna Muniz); Juliana Aparecida Schuenck de Paula (Colégio Municipal Ceffa Rei Alberto I); Ludmilla dos Santos Freitas (Colégio Municipal Ceffa Rei Alberto I); Rafi da Roza Almeida (Curso Preparatório Maximus [CPM]); Tainá Martins Macário (Escola Municipal Alcides Francisco Brantes); e Wellington da Silva Sena (Centro Municipal de Educação e Saúde Padre Rafael).

Sinsenf (1)

Após um ano muito difícil, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nova Friburgo (Sinsenf) está conseguindo se estruturar. A nova diretoria encontrou o sindicato com aluguel atrasado, salário atrasado, e encargos sociais sem os devidos depósitos, como FGTS e INSS. Tínhamos apenas 23 filiados, muito pouco para uma categoria estimada em mais de 6.700 servidores. Com muito trabalho aumentamos este número em 80%, mas ainda está muito abaixo do necessário. Pedimos que os servidores procurem o seu sindicato, para que possamos fazer o Sinsenf forte.

Sinsenf (2)
Servidores com problemas relacionados ao pagamento de ⅓ do adicional de férias e também os RPAs que foram demitidos ou ainda estão trabalhando e não estão recebendo devem procurar o Sinsenf, na Rua Sete de Setembro, 29, sala 104.

“Agradecemos à Federação dos Servidores Municipais do Estado do Rio de Janeiro (Fesep) por toda a ajuda e assistência que vem nos dando”.
Ricardo Rocha, presidente do Sinsenf, assina a mensagem.

SOS Praça (1)

A 9ª Subseção da OAB em Nova Friburgo, abre mais uma vez as portas de seu auditório da próxima segunda-feira, 17, para o S.O.S Praça Getúlio Vargas.

A partir das 18h haverá duas apresentações: Carlos Fernando Delphim, arquiteto da paisagem e pioneiro em jardins históricos e paisagens, falará sobre “intervenções e proteção de jardins históricos”.

SOS Praça (2)

Já Antônio Hoyuela Jayo, urbanista e consultor de Iphan e Unesco, comandará uma apresentação sobre “Tombamento: patrimônio cultural x patrimônio natural”.

Por fim a ação compreende ainda uma vistoria na praça, a ser realizada a partir das 9h da manhã de terça-feira, 18.

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.