Saúde mental

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Para pensar:

“Meu pai sempre dizia: não levante a sua voz, melhore os seus argumentos.”

Desmond Tutu

Para refletir:

“Aqueles que mergulham no mar das aflições trazem pérolas raras para cima.”

C. H. Spurgeon

Saúde mental

O Estado do Rio de Janeiro, através da resolução 1.911, de setembro de 2019, instituiu o Programa de Cofinanciamento, Fomento e Inovação da Rede de Atenção Psicossocial (Cofi-Raps).

E na última quarta-feira, 9, o secretário municipal de Saúde de Nova Friburgo, Marcelo Braune, assinou Termo de Adesão e Compromisso Municipal a este programa, nas modalidades de fortalecimento e inovação da rede de atenção psicossocial (FI-Raps); e do Plano Ampliação dos serviços da rede de atenção psicossocial (PAS-Raps).

Na prática

A partir de agora o município receberá um incentivo financeiro para ampliação e qualificação dos serviços de saúde mental, mediante transferência do Fundo Estadual de Saúde (FES) ao Fundo Municipal de Saúde (FMS).

Os recursos podem ser utilizados exclusivamente em aquisições de equipamentos; obras de construções novas, ou reformas (ou adequações) de estruturas já existentes, desde que estas sejam utilizadas para a realização de ações e serviços públicos de Saúde.

Descrição

Quanto ao Fi-Raps, por aqui ele se aplica ao Caps-AD (Álcool e Drogas), ao Caps infantil, ao Caps II, e a oito leitos de saúde mental no Hospital Municipal Raul Sertã.

Os repasses anuais para cada uma dessas frentes será de, respectivamente: R$ 47.736; R$ 38.556; R$ 59.555,25; e R$ 59.856.

Já o PAS-Raps se aplica a três unidades do Serviço Residencial Terapêutico (RTS), e receberá R$ 30 mil do fundo estadual.

Recomeçar

O vereador Cascão uniu-se na última quarta-feira, 9, ao gabinete do deputado federal Luiz Lima, em Brasília, para uma agenda no Ministério da Cidadania voltada à situação do Laje.

Durante o encontro os representantes friburguenses foram informados de que “o delicado processo contábil que habilita a instituição ao Cebas (Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social) não foi cumprido dentro das normas estabelecidas, não havendo mais possibilidade da instituição recorrer legalmente”.

Será necessário, portanto, que o Laje dê entrada num novo processo de certificação junto ao Ministério da Cidadania para conseguir novamente a habilitação.

Basta!

Estão sendo organizados para os próximos dias atos contra o feminicídio em nossa cidade.

O primeiro deles aconteceu já nesta quinta-feira, 10, em São Pedro da Serra.

No próximo domingo, 13, a concentração será na praça de Lumiar, às 17h.

E por fim, na próxima sexta-feira, 18, a concentração será em frente ao Centro de Turismo, a partir das 15h.

A coluna se une a todos na campanha, convidando em especial os homens para que tomem parte, na manifestação e no tempo todo. Essa bandeira é de todos nós.

É primavera

Têm se multiplicado, nas redes sociais, manifestações de artistas locais cobrando cachês relativos a apresentações ocorridas no Festival de Inverno de Nova Friburgo.

A redação de AVS está levantando informações a esse respeito, de tal modo que por ora a coluna se limita a dizer que esse é o tipo de situação que pega muito mal e precisa ser resolvida com urgência.

Já estamos quase no meio de outubro, gente…

Não dá, né?

Muito longe

O Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física é celebrado hoje, 11.

Data de enorme importância, que deve nos convidar a uma reflexão a respeito do que pode e precisa ser feito em prol da acessibilidade - certamente uma das medidas mais precisas a respeito do grau de evolução de uma sociedade.

E como ainda falta investimento na melhoria da acessibilidade em nossas vias públicas hein?

O flagrante do fotógrafo Henrique Pinheiro mostra bem isso.  

No fim, vale o que dissemos em relação ao combate ao feminicídio: a bandeira é de todos.

Uma cidade só será boa para se viver se for boa para todos.

Definição

A escola de samba Unidos da Saudade promoverá neste domingo, 13, a etapa final para escolha do samba para 2020.

A partir das 18h, na quadra da escola, no bairro Ypu, duas parcerias estarão na disputa para definir qual será o samba da agremiação no próximo desfile.

A classificação etária é 18 anos.

Desafio

Algumas construções são tão carregadas de personalidade que podem ser reconhecidas a partir de pequenos detalhes.

O colunista acredita que o desafio que publicamos hoje, mais uma vez tributário do talento generoso de Regina Lo Bianco, se enquadre nessa descrição.

E então, quem é capaz de reconhecer esse icônico espaço de nossa cidade?

Boa sorte a todos!

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.