Perguntas

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Para pensar:

"A resposta certa, não importa nada: o essencial é que as perguntas estejam certas."

Mario Quintana

Para refletir:

“Devemos julgar um homem mais pelas suas perguntas que pelas respostas.”

Voltaire

Perguntas

Naturalmente a coluna de terça-feira, 30, não poderia tratar de outro tema que não fossem as eleições para governador e presidente da República.

Hoje, no entanto, podemos retomar alguns assuntos de nosso cotidiano mais imediato que nunca deixam de render questionamentos.

As perguntas que ficam no ar, por sinal, muitas vezes jogam bastante luz sobre o que se encontra por trás dos acontecimentos.

Não ofende

Bom, vamos lá porque perguntar não ofende.

Quando um governo que sabidamente acalenta o desejo de entregar parte da gestão da saúde pública à iniciativa privada convida um adversário político a assumir a pasta, lhe interessa que a gestão do adversário seja um sucesso, sabendo que isso significaria que todas as críticas feitas anteriormente tinham fundamento?

O que interessa mais?

Ou lhe interessará mais aproveitar a oportunidade de ter um adversário no comando para favorecer o caos, que não apenas embasaria a terceirização mas também serviria para redimir as gestões anteriores e desmoralizar a oposição?

Confiança

Bom, em essência, a resposta do leitor a tais perguntas passará pelo grau de confiança que deposita na honestidade do governo em questão.

E, para fazer essa ponderação, talvez seja pertinente perguntar, entre outras coisas, se o governo está pensando no interesse público quando se esforça por prorrogar um contrato que vencerá somente daqui a 20 anos...

Conrado (1)

Olha só que notícia animadora.

Os pais do menino Conrado, Vinícius Mafort e Fernanda Diniz, informam que conseguiram ultrapassar a meta da arrecadação em quatro mil dólares, permitindo que nosso pequeno guerreiro tenha o melhor tratamento possível, na Flórida-EUA.

Conrado (2)

É uma vitória e tanto para os incansáveis pais e toda essa gente que de várias formas se engajou para que isso fosse possível.

Aliás, tendo em vista que fazer o bem é um privilégio, seria justo dizer que o pequeno Conrado já fez muito por todos nós.

Que corra tudo bem no tratamento, e não deixem de dar notícias.

Seguimos na torcida.

Caminhar seguro

Em meio à correria cotidiana, certas notícias quase passam batidas.

Alguns leitores, no entanto, devem ter prestado atenção ao fato de que dois carros caíram no Rio Bengalas no intervalo de poucos dias.

Ora, isso é alarmante.

Tem que parar

Sabemos que problemas acontecem, e são muitas as causas que podem levar um veículo a desviar da pista.

Ocorrências podem e precisam ser minimizadas, mas sabemos que será quase impossível ficar completamente livre delas.

Carros, no entanto, não podem continuar a avançar sobre calçadas e ciclofaixas movimentadas, nem tampouco podem expor motorista e passageiros ao risco de quedas dessa forma.

Antes que seja tarde

Parece evidente que precisamos reforçar a segurança representada pela separação física entre quem trafega e quem caminha ou pedala, antes que algo mais sério aconteça.

Ou alguém discorda?

É hoje!

Hoje, 31, é o dia D do outubro Rosa em Nova Friburgo.

Um evento está sendo preparado para oferecer informações, serviços e entretenimento na Praça Dermeval Barbosa Moreira, das 10h às 13h.

A coluna apoia a iniciativa e convida a todos que tenham disponibilidade para que  compareçam e aprendam como podem ajudar a combater o câncer de mama, bem como lidar com seus diferentes impactos.

Transição (1)

O governador Luiz Fernando Pezão recebeu, na manhã desta terça-feira, 30, o governador eleito Wilson Witzel.

A visita de cortesia ocorreu no Palácio Laranjeiras, onde combinaram a primeira reunião de transição governamental para hoje, 31, às 13h, no Palácio Guanabara.

Transição (2)

Um decreto do governador, publicado nesta terça-feira, 30, no Diário Oficial do Estado, instituiu a comissão de transição governamental, formada pelos secretários da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Sergio Pimentel, Fazenda e Planejamento, Luiz Claudio Gomes, e Governo, Affonso Monnerat.

Por parte do governador eleito, o coordenador da transição será José Luiz Cardoso Zamith.

Transição (3)

De acordo com o decreto de Pezão, os secretários estaduais deverão encaminhar ao presidente da comissão de transição governamental, secretário Sérgio Pimentel, até 22 de novembro, informações sobre programas realizados e em execução, assuntos que demandarão ação ou decisão da administração nos 100 primeiros dias do novo governo, projetos que aguardam implantação ou que tenham sido interrompidos e as contas públicas do governo estadual.

Alô, estudantes!

Num momento em que o futuro do estudo universitário no Brasil parece nebuloso, tanto em instituições públicas quanto no financiamento para estudo em universidades particulares, todo estímulo a estudantes é pouco.

Não custa lembrar, portanto, que se encerram hoje, 31, as inscrições para o vestibular Cederj 2019 – primeiro semestre.

Vácuo

A VOZ DA SERRA já registrou o falecimento e prestou homenagens à gigantesca Thereza Albuquerque e Mello, criadora do espaço do Pró-Memória de Nova Friburgo.

A coluna, todavia, não poderia deixar de prestar sua reverência à grande dama da memória friburguense, que aos 90 anos nos deixou no último domingo.

À família e aos amigos nossas condolências, e o reconhecimento de toda uma vida dedicada às futuras gerações de friburguenses.

Missão cumprida, com louvor.

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.