O justo e o pecador

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Para pensar:

“Eu respeito demais o tempo das pessoas. Não sei pelo que elas possam estar passando.”

Monique Schuabb

Para refletir:

“O coração que está em paz vê uma festa em todas as aldeias.”

Provérbio Hindu

O justo e o pecador

Diz a sabedoria popular - e com bastante propriedade - que o justo muitas vezes paga pelos erros do pecador.

Exemplos desse tipo de situação são corriqueiros, e em nossa Câmara Municipal não seria diferente.

O corte

Enquanto alguns vereadores fizeram uso responsável da atribuição de nomear até seis assessores, outros - para os quais dinheiro público aparentemente não tem dono - descaracterizaram por completo tais relações, a tal ponto que o Legislativo se viu impelido a reduzir o número de assessores para quatro por gabinete.

Desnecessário dizer que muita gente boa acabou sendo ceifada nesse corte, sacrificados em nome de um esforço de moralização das relações de trabalho.

Alma pequena

Mas, como nos diz Fernando Pessoa de maneira indireta, nada vale a pena quando a alma é pequena.

Era evidente que determinação alguma iria resolver por completo o problema, enquanto ainda existem parlamentares que simplesmente não desenvolveram qualquer senso de responsabilidade em relação ao dinheiro público.

A árvore má simplesmente não pode dar bons frutos, não é verdade?


Ligações impróprias

Infelizmente, frequentar a Câmara é testemunhar que alguns vereadores ainda são assessorados por servidores sabidamente nomeados fora de seus respectivos gabinetes.

E, em um caso mais extremo, a assessora nem ao menos é nomeada no Legislativo, mas na Prefeitura.

Ora, como explicar isso, tanto mais diante do histórico do parlamentar em questão?

Qual a contrapartida envolvida?

Venda de votos? Guardar silêncio?

Gasparzinhos

Com relação ao cumprimento de horário a situação não é muito diferente.

É evidente que a atividade parlamentar não deve ficar restrita a gabinetes, e num contexto de maturidade e responsabilidade seria absolutamente desnecessário controlar o horário dos servidores.

Mas, de novo, há quem se aproveite disso para nomear pessoas que simplesmente não aparecem nunca na sede do Legislativo, por razões que só podemos imaginar.

E daí, mais uma vez, os justos vão acabar pagando pelos pecadores.

Aparições

Na tarde desta terça-feira, 17, os assessores foram convocados para uma reunião na presidência para que tomassem ciência das mudanças a caminho, entre as quais o ponto biométrico e a necessidade de seis horas diárias de serviço presencial.

E, diante da multidão que compareceu à casa legislativa, o vereador Zezinho do Caminhão não se conteve e se disse admirado com a quantidade de rostos que jamais havia visto por ali.

Coisa séria

Cá entre nós, a gente brinca mas isso não tem graça alguma.

E é muito frustrante que ninguém responda por esse tipo de abuso, que muitos consideram cultural, e que desnuda o quanto tem de gente por aí fazendo postagens inflamadas contra a corrupção, enquanto aguardam ansiosamente pela primeira oportunidade de tirar proveito do sistema.

É hoje!

O renomado professor dr. Zacarias Gama, coordenador do Programa Desenvolvimento e Educação Teotônio dos Santos (ProDEd-TS) e professor do Laboratório de Políticas públicas (LPP) e da Faculdade de Educação da Uerj,  sobe a serra hoje, 18, para ministrar duas palestras em Nova Friburgo.

A primeira

A primeira delas, destinada a profissionais da educação pública e membros do Conselho Municipal de Educação, acontece às 14h30 no auditório do 3º andar do Centro Administrativo César Guinle (antigo prédio da Oi) e tratará do tema “Avaliação Educacional no Brasil: histórico e perspectivas”.

A segunda

Já a segunda, aberta à população, acontece às 18h30 no auditório da 9ª Subseção da OAB/RJ e abordará “A conjuntura nacional e o Brasil na trama geopolítica mundial”.

A realização desta última é dividida entre o Laboratório de Políticas Públicas da Uerj e a Comissão de Direitos humanos da OAB Nova Friburgo.

Vácuo

Nova Friburgo perdeu, nesta segunda-feira, 16, a atuante blogueira Monique Schuabb, responsável pela página Transparência Nova Friburgo.

Numa época em que tantos se posicionam desavergonhadamente na contramão da transparência, Monique já está fazendo muita falta.

Tomara

A VOZ DA SERRA nos informa que a partir do próximo fim de semana as temperaturas devem cair, e a chuva também.

Tomara.

Infelizmente, em pleno século 21, continuamos dependendo de São Pedro para conservar aquilo que nos permite sobreviver...

Respostas

Os leitores Stênio de Oliveira Soares, José Nilson, Manoel Corrêa, Manoel Pinto de Faria, Gilberto Éboli, Igor dos Santos, Hailton Éboli, José Carlos Reis e Raquel Souza identificaram corretamente o belo campanário da Igreja de Santo Antônio, na Praça do Suspiro.

Parabéns a todos!

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.