Nuances

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

terça-feira, 06 de novembro de 2018

Para pensar:

"A falta de transparência resulta em desconfiança e um profundo sentimento de insegurança."

Dalai Lama

Para refletir:

“A verdade liberta, a transparência posiciona, a palavra abre portas e a disposição coletiva consagra.”

Jean Carlos Sestrem

Nuances

Bom, vamos lá, a coluna demorou um pouco a montar corretamente o cenário das possíveis influências das eleições estaduais sobre nossa Câmara Municipal.

A primeira retificação se deu em relação à ordem de suplentes do vereador Sérgio Louback.

Afinal, conforme dito recentemente, há jurisprudências no sentido de atribuir o mandato ao partido, desenhando um cenário no qual o primeiro da fila seria o folclórico Benrique, e não Dr. Luis Fernando, segundo mais votado da coligação em 2016.

Continhas

Outra retificação necessária é observar que um candidato só pode assumir o mandato se tiver obtido número de votos equivalente a 10% do quociente eleitoral.

Assim, dividindo o número de votos válidos (7.711.213) pelo número de cadeiras (70) chegamos a 110.160, cuja décima fração nos dá o número mágico: 11.016 votos.

Considerando, portanto, que Sérgio Louback teve 10.560 votos, podemos concluir que ele ficou a 456 de ter a possibilidade de assumir uma cadeira na Alerj como suplente do PSC, ao contrário do que a coluna havia apontado.

Vai dar praia?

Desse modo, a substituição de Louback no plenário municipal passa a depender de sua nomeação para cargo no governo estadual.

Quem estava sonhando com a possibilidade de ir a praia sem precisar descer a serra, portanto, talvez tenha que esperar um pouco mais…

Cadê a primavera?

Aliás, brincadeiras à parte, os leitores também estão achando essa primavera bem mais fria que o normal?

Exemplo

Todo mundo tem em mente aquilo que gostaria de fazer num fim de semana prolongado, não é mesmo?

Pois bem, esta turma sensacional que ilustra nossa coluna de hoje trabalhou muito nos dias 3 e 4 em um mutirão de limpeza na estrada Serramar (RJ-142), nos arredores do sítio Paraíso Ecológico, em Lumiar.

Organizado por voluntários cariocas engajados na preservação ambiental, o objetivo deste mutirão foi retirar o lixo acumulado na natureza e revitalizar a área do Lago de Santa Luzia.

Aspas

De acordo com o grupo, o lixo estava se acumulando inadequadamente no lago e no córrego (protegidos por legislação federal). “Proprietários e veranistas em geral clamam por um serviço de coleta de lixo mais intenso e eficaz em Lumiar e São Pedro da Serra de modo que as caçambas posicionadas em lugares estratégicos não fiquem saturadas por muitos dias seguidos trazendo impactos ambientais e uma má impressão à essa importante região turística de Nova Friburgo".

Gratidão

A coluna tem certeza de que ninguém toma parte nesse tipo de ação esperando qualquer reconhecimento em troca.

Ainda assim, este espaço se esforçou por levantar ao menos o primeiro nome de cada um, como forma de agradecimento.

Da esquerda para a direita temos Ivan, Willy, Jeremias Freitas, André Amador, Alane e Pedro de Paulo, habitual colaborador desta coluna.

Respostas

Os leitores do Massimo são mesmo especiais.

Reconheceram o Largo João Batista Bussinger, com sua fonte situada no cruzamento da Avenida Euterpe Friburguense com a ponte da Rua Sete de Setembro os craques Renato Mendes, Rosemarie Künzel, Marcelo Machado, Dona Uta Blunck Cortez, Gilberto Eboli, Lauro Éboli e Igor Santos.

Parabéns a todos!

 

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.