Jogo limpo

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Para pensar:

“No coração do inverno, a única folha no ramo luta contra o vento”

Stefan Theodoru

Para refletir:

“Pense globalmente e atue localmente.”

John Lennon

Jogo limpo

Como a coluna já havia antecipado em primeira mão, a iminente ida do ex-deputado estadual Wanderson Nogueira para o PDT, com o objetivo declarado de encabeçar chapa na corrida pela prefeitura ao fim de 2020, inevitavelmente significaria a desfiliação de alguns membros da sigla, notadamente aqueles que apoiam o atual governo.

Era o caso, evidentemente, do vice-prefeito Marcelo Braune, que nesta segunda-feira, 24, apresentou sua carta de despedida, sem fazer rodeios quanto às suas motivações.

Tudo preto no branco, como deve ser.

Fidelidade

E se Braune sai do partido em razão de seu apoio ao governo municipal, o subsecretário de Trabalho e Renda, ex-vereador Eder Carpi (Ceará), saiu na mesma data em razão de seu apoio ao próprio Marcelo Braune.

Também era esperado.

Braune tem dito que pretende deixar a vida pública ao término do atual mandato.

Já Ceará deve estudar com calma qual será sua próxima legenda, com vistas à continuidade da carreira política.

De olho

Na manhã desta terça-feira, 25, o vereador Wellington Moreira, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, ouviu o relato de uma paciente oftalmológica que vem sendo atendida através do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) no Hospital Oftalmológico Santa Beatriz, em Niterói, e que foi recentemente informada de que pacientes de Nova Friburgo não estariam mais sendo atendidos por lá, exceto em casos marcados há bastante tempo.

Alcance

A questão, claro, afeta diretamente a vida de muitos friburguenses.

Um rápido levantamento aponta que neste momento existem 648 pacientes inscritos no TFD por motivações oftalmológicas, e outras 1.959 pessoas na fila de espera.

Estamos falando, portanto, de um universo superior a 2.600 pessoas.

Mudança de referência

A coluna entrou em contato com a prefeitura em busca de informações, e assim foi informada de que a regulação para atendimento no Hospital Santa Beatriz está suspensa pelo governo estadual, que está mudando a referência para Petrópolis.

Ainda de acordo com a prefeitura, o estado informou que esse processo já está em andamento.

A Secretaria de Saúde destacou ainda que não tem qualquer ingerência sobre esta decisão do estado.

O ideal

A coluna, claro, agradece pelos esclarecimentos e entende os limites de competências destacados pela secretaria municipal.

Ainda assim, não custa lembrar que o interesse é nosso, e que o ideal seria que o processo de mudança fosse paulatino, a partir dos novos encaminhamentos, preservando os vínculos dos pacientes já em tratamento com os médicos que os vêm acompanhando.

Espaço aberto

Seria muito bom se a secretaria municipal pudesse se posicionar a esse respeito junto à secretaria estadual de Saúde, ou mesmo aos deputados estaduais que nos são mais próximos, para ver se existe algo que possa ser feito a respeito.

Este espaço está aberto a ajudar no que lhe for possível.

Assombração

Nos bastidores da política, vejam só, a velha assombração das vilas marginais parece que continua a se manifestar de vez em quando.

O rumor mais recente diz que, lá do inferno, ela tenta articular a saída de seu sucessor, aparentemente por estar atrapalhando seus planos.

Será?

Bom, de qualquer modo, não seria a primeira vez, não é?

Resta esperar para ver.

Dito e feito

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cumpriu a promessa feita ao deputado federal Luiz Lima (PSL) e liberou os recursos que avaliou serem necessários à construção da segunda UPA em Nova Friburgo.

De fato, os R$ 3,1 milhões já estão disponíveis, cabendo ao município cumprir sua parte nos trâmites burocráticos e cadastrar a proposta, para que possa iniciar a licitação e dar início às obras.

Complexidades

Não muito tempo atrás a coluna deu voz a um leitor de Olaria que não deixou dúvidas a respeito do quanto uma unidade como esta seria importante para a população do bairro, e de outros adjacentes.

Dito isso, a coluna não pode ignorar que a manutenção da UPA representa um desafio muito maior do que a sua construção, e que é preciso equacionar estas responsabilidades antes de levar o caso adiante.

Até onde irá a ajuda do Ministério e da Secretaria estadual de Saúde?

Se vira

Por outro lado, o colunista se recorda que UPAs em Olaria e São Geraldo foram prometidas diversas vezes em campanha, e é de se esperar que a atual gestão tivesse um plano de sustentabilidade econômica quando anunciou os empreendimentos, sob pena de ter agido de forma leviana.

Agora, portanto, terá que se virar em relação a isso.

Entre as estrelas (1)

É sempre bom quando podemos encerrar os trabalhos com uma boa notícia.

”O Colégio Estadual Canadá de Nova Friburgo tem entre seus principais projetos estimular o aprendizado de Astronomia dos alunos, e um deles acaba de ser convidado a se apresentar no Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) do Rio de Janeiro, com o projeto ‘Divulgando Astronomia na Escola: Uma discussão sobre a Missão Cassini’.”

Entre as estrelas (2)

A pesquisa foi desenvolvida pelo aluno Juan Guzzo Santana, com a orientação da professora de Física Adriana Bernardes.

O projeto será apresentado no evento Asteroid Day, no próximo sábado, 29, a partir das 15h.

 

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.