Expectativa

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

sábado, 02 de fevereiro de 2019

Para pensar:

“O respeito próprio é a raiz da disciplina; a noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo.”

Abraham Lincoln

Para refletir:

“Uma alma sem respeito é uma morada em ruínas. Deve ser demolida para construir uma nova.”

Código Samurai

Expectativa

Fevereiro está aí, e com ele chega ao fim o recesso legislativo.

Em nossa Câmara Municipal as sessões ordinárias recomeçam nesta terça-feira, 5, em clima de expectativa.

Próximos capítulos

Como serão compostas as comissões?

O Executivo irá reenviar alguns dos polêmicos projetos encaminhados sem o devido amadurecimento ao fim de 2018?

E a CPI da alimentação hospitalar, como irá se encerrar?

Não percam as respostas nos próximos capítulos.

Quase certo

Na Alerj, parece iminente que o vereador Sérgio Louback, primeiro suplente do PSC, assuma a cadeira de Chiquinho da Mangueira, preso na operação “Furna da Onça”.

Existem alguns prazos a serem cumpridos, mas a coluna entende que o governador está pessoalmente empenhado em assegurar mais um voto no plenário, e que novidades devem ser divulgadas ainda neste mês.

E aí?

A se confirmar a ida de Louback para o Rio de Janeiro, surge o impasse a respeito de quem irá substituí-lo no plenário municipal.

Dr. Luis Fernando? Benrique?

Existem argumentos nos dois lados dessa história, e será interessante ver como ela se desenrola.

Continuidade

Em nosso encontro de sexta-feira, 1º, a coluna olhou para além da superfície, e indicou aos leitores que a renovação na empresa que irá prestar o serviço de transporte escolar foi bastante superficial, para dizer o mínimo.

E isso, claro, se reflete no valor que continua a ser pago pelo serviço.

Desconforto

Mas aí a gente segue aprofundando, e vê que até mesmo o telefone da nova empresa é o mesmo da anterior, e aí a coisa vai ganhando certa complexidade.

Será, por exemplo, que os veículos utilizados serão os mesmos?

E os profissionais?

Tem gente de profundo conhecimento jurídico que andou se incomodando com o que aconteceu.

Concorrência necessária

Talvez seja importante deixar claro que ninguém está questionando a qualidade do serviço prestado, e que não há mal nenhum na continuidade da prestação do serviço pela mesma empresa.

Acontece, no entanto, que a livre concorrência precisa ser preservada e estimulada, e isso definitivamente não vem ocorrendo, com consequências bastante sensíveis ao erário.

Sugestões

Ainda que a contribuição popular para a elaboração do novo edital de transporte coletivo tenha sido relativamente tímida, a própria concessionária não se furtou a elaborar uma planilha na qual detalha 45 medidas que considera positivas ou necessárias para a melhoria do serviço prestado.

O material encaminhado à prefeitura é denso, e será analisado por este espaço brevemente.

Veteranos unidos

A Associação de Veteranos do nosso valente Tiro de Guerra (TG 01-010) está em vias de se tornar oficial.

A coluna acredita que na próxima semana já terá informações precisas a respeito da realização da assembleia inaugural.

A todos os envolvidos a coluna deseja boa sorte, e se coloca a disposição para ajudar no que lhe for possível.

Conferência de Saúde

É grande a expectativa em torno da 10ª Conferência Municipal de Saúde de Nova Friburgo, a ser realizada nos próximos dias 22 e 23.

Assunto não vai faltar, e um deles a coluna pode antecipar: é grande a mobilização para que o(a) secretário(a) não acumule também a presidência do conselho.

Algo, por sinal, bastante lógico, previsto em lei, e que esta coluna apoia totalmente.

A conferir.

Orgulho

O Massimo escreve estas palavras antes do friburguense Marlon Moraes subir ao octógono do UFC para enfrentar Raphael Assunção na luta principal do UFC Fortaleza, neste fim de semana, que, em caso de vitória, pode representar sua última escala antes da disputa do cinturão dos pesos-galo da principal organização de MMA no mundo.

Guerreiro exemplar

E a opção por escrever assim, “no escuro” se deu por uma razão muito concreta: ter a oportunidade de manifestar o respeito por este jovem que, independentemente do resultado, tem levado, juntamente com Edson Barboza, o nome de Nova Friburgo aos quatro cantos do mundo de forma muito positiva, e que tem servido de bom exemplo para muitos jovens, daqui e de fora.

Parabéns, e boa sorte!

Respostas

A coluna dará aos leitores uns dias a mais para que tentem identificar a paisagem mostrada em nosso desafio de sexta-feira, 1º.

Boa sorte a todos!

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.