Entrelinhas

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

terça-feira, 02 de abril de 2019

Para pensar:

"A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.”

Paulo Freire

Para refletir:

“É inútil obter por piedade aquilo que desejamos por amor."

Victor Hugo

Entrelinhas

Volta e meia alguns leitores reclamam da publicação de notas enigmáticas, difíceis de compreender por parte de quem não está a par do contexto mencionado.

A coluna compreende perfeitamente suas razões, e pode assegurar que sempre se esforça para ser o mais clara possível, dentro das restrições de cada situação.

Notas cifradas

Em alguns casos, no entanto, as notas cifradas se fazem necessárias, ao menos para que partes envolvidas saibam que não estão tão escondidas quanto pensam.

Para quem gosta de falar em economicidade, a coluna pode garantir que muito dinheiro já foi (e continua a ser) poupado em razão destes alertas.

E hoje temos alguns deles a fazer.

Vamos lá, então.

A Hora do Pesadelo

Um reajuste recentemente aprovado nas reentrâncias das Vilas Marginais do Palácio Barão de Nova Friburgo tem deixado certos agentes públicos preocupados.

Tudo porque, questionados por determinado órgão de controle externo, não estão sabendo como responder ou explicar com a devida segurança a motivação para o ato praticado.

Adolescentes

E, cá entre nós, não é por menos.

Ao que parece, a postura arrogante de determinado agente público acendeu outrora o alerta do cauto que, sem grande esforço, detectou um erro primário, próprio de adolescentes quando ignoram certas regras básicas que não podem jamais ser abstraídas.

Tanto mais em se tratando de administração pública, ora.

Sob a terra

A princípio pensou que era só mais uma muda, que depois de plantada ainda levaria tempo a crescer, florescer e aparecer.

Mas então vieram as chuvas e veja só, foram as raízes que espicharam.

Deste modo, um problema cresceu distante dos olhos.

Afinal, extirpar a planta, nesta altura dos acontecimentos, deixaria exposta uma cova difícil de se cobrir, denunciando o malgrado plantio.

Sono

Paralelamente, há agentes privados que até pouco tempo dormiam profundamente, embalados pelo acordo de delação celebrado no âmbito da Lava Jato que lhes garantia um sono sereno, típico da Princesa Aurora, personagem de A Bela Adormecida.

Mas, sabem como é... Talvez tenha demorado 15 anos para um príncipe aparecer, mas daí a desejar outros dez anos de sono profundo parece ser algo que diz muito a respeito do tipo de castelo que se pretende construir, para nele habitar.

Freddy Krueger (1)

A coluna ainda não pode adiantar, mas, caso as suspeitas venham a se confirmar, vai ter gente dormindo mal por aí, com os sonhos invadidos pelo personagem da fictícia Springwood.

Ainda assim, ninguém precisa se apavorar de antemão caso venha a acordar num susto lá pelas 6h da manhã.

Freddy Krueger (2)

Afinal, pode não ser o Freddy Krueger, que dilacera suas vítimas usando aquelas garras afiadas.

Em alguns casos talvez seja apenas a Polícia Federal mesmo, tocando o interfone em mais uma de suas operações matutinas.

Jubileu de Porcelana

O reitor da Uerj, Ruy Garcia Marques, e também a vice-reitora, Maria Georgina Muniz Washington, vieram a Nova Friburgo no último dia 28 de março para tomar parte nas celebrações pelos 20 anos do ingresso da primeira turma de graduação do curso de Engenharia Mecânica oferecido pelo Instituto Politécnico do Rio de Janeiro (IPRJ) em nosso município.

Daqueles 39 alunos que integraram a primeira turma, em 1999, 25 efetivamente se formaram engenheiros mecânicos.

Merecido

De fato, a visita de integrantes da Administração Central da Uerj ao campus friburguense foi marcada por emoção, homenagens e celebrações.

A equipe foi recebida pelo diretor do IPRJ, professor Ricardo Carvalho de Barros, que abriu a comemoração e ressaltou as conquistas do Instituto – criado em 1989 e incorporado à Uerj em 1993 – ao longo das últimas décadas.

“A marca de distinção acadêmica do IPRJ reforça a capacidade de pesquisa da área de Engenharia”, reconheceu Barros, com justiça.

Interiorização

Antes de participar do descerramento da placa, o reitor ressaltou a importância das visitas às unidades externas ao campus Maracanã.

“O IPRJ é um caso de sucesso do programa de interiorização da Uerj”, avaliou Ruy Garcia.

Futuro

Após as homenagens, diversos integrantes da equipe do Instituto se reuniram com a administração central para conversas sobre avanços, demandas e pontos de melhoria a serem implantados.

Para o reitor, após o período de fortes adversidades enfrentadas em 2016-2017, o momento atual é de retomada.

Tomara que sim.

Pode crescer!

Também participaram da visita a sub-reitora de Extensão e Cultura, professora Elaine Ferreira Torres, e o professor Luís Antônio Campinho Pereira da Mota, diretor do Centro de Tecnologia e Ciências (CTC).

Além da Engenharia Mecânica, o IPRJ conta ainda com a graduação em Engenharia de Computação e com os programas de pós-graduação em Modelagem Computacional (PGMC) e em Ciência e Tecnologia de Materiais (PPG-CTM).

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.