Descortinando

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quinta-feira, 01 de fevereiro de 2018

Para pensar:

“Quem ama a rosa suporta os espinhos.”

Frase de para-choque de caminhão

Para refletir:

“Que ingenuidade pedir a quem tem poder para mudar o poder.”

Giordano Bruno

Descortinando

O deputado estadual Wanderson Nogueira será recebido na tarde de hoje, 1º, pelo secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior.

O encontro tem o objetivo de apresentar ao parlamentar o novo (e mais modesto) projeto para o hospital oncológico da Região Serrana, aqui na Ponte da Saudade.

Nanicolina

A partir do que será apresentado, poderemos saber com mais precisão qual o tamanho do prejuízo que tivemos.

E olha que as dúvidas são muitas.

Vai ficar pronto ainda este ano? Se sim, a redução da unidade será agravada pelo prazo apertado? Se não, teremos alguma garantia de continuidade na próxima gestão?

Quando e onde

A reunião está marcada para 14h na própria secretaria, e também contará com representantes de equipe responsável pela engenharia.

Perdeu a vergonha

Parece brincadeira, mas não é.

Pelo quarto ano consecutivo o governo estadual descumpriu a aplicação do patamar mínimo constitucional em Educação.

Pelo visto a turma perdeu o medo, o que já está virando uma espécie de tradição.

Relembrando

Por esse motivo, a coluna noticiou no ano passado que o presidente da Comissão de Educação da Alerj, o deputado estadual Comte Bittencourt (PPS), havia rejeitado as contas do Palácio Guanabara referentes ao exercício de 2016, sendo acompanhado em sua posição pelos deputados Luíz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB) e Luiz Martins (PDT).

Providências

Em consequência do mais novo episódio, Comte representou ao Ministério Público estadual para que o órgão instaure um inquérito civil público, obrigando o Executivo a aplicar os recursos devidos.

De acordo com o parlamentar, o descumprimento da legislação tem comprometido a Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), uma vez que se traduz na descontinuidade de diversos serviços na rede, como a desativação de refeitórios e a falta de vigias nas unidades educacionais.

Aspas

“É inaceitável o não cumprimento da aplicação dos mínimos constitucionais, com os serviços e bens deixados de ser oferecidos à população por falta de pagamento. O estado destinou à Educação 24,41% da receita base, em flagrante desrespeito à legislação. Aliás, o quadro tem se repetido, sistematicamente, desde 2014 e é preciso uma medida eficaz para assegurar que o governo cumpra sua obrigação mínima", argumentou o deputado Comte Bittencourt.

Para registro

Os percentuais destinados pelo governo estadual à Educação em 2014, 2015 e 2016 foram, respectivamente: 24,78%; 23,69%; e 21,26%.

Tensão

A pouco mais de uma semana do início do carnaval tem muita gente tensa em Nova Friburgo, correndo contra o relógio com os dedos cruzados para a festa ser realizada sem maiores desfalques.

Uma preocupação que, cá entre nós, poderia - e deveria - ter sido evitada.

Última hora

Ocorre que a licitação para garantir a estrutura necessária à festa ainda está em andamento, quase como se tivéssemos sido surpreendidos pela data do evento.

E não é só isso, pois nos bastidores tem muita gente preocupada com as condições reais do serviço a ser prestado ser a contento e dentro do prazo existente e dos valores ofertados.

Até porque, no caso de eventual desistência em cima da hora, seria muito difícil aplicar um plano B minimamente satisfatório.

Hora de aprender

A coluna obviamente torce para que tudo se resolva da melhor forma.

Mas mais do que isso, torce para que aprendamos a trabalhar com antecipação, cumprindo os melhores trâmites com a devida transparência e sem a exposição a tantos riscos, que podem, em última análise, reduzir os níveis de cobrança sobre prestadores que se tornem indispensáveis.

Desfalque

O empresário Jairo Wermelinger - um dos nomes fortes na base de apoio do atual governo municipal, e personagem relevante para o desfecho das eleições em 2016 - deixou de integrar o grupo de "conselheiros" do prefeito Renato Bravo.

Jairo comunicou a decisão pessoalmente ao chefe do Executivo na noite de terça-feira, 30 de janeiro, e justificou a posição alegando "falta de tempo e desgosto com a política".

Tendência?

Apesar de cumprir todos os protocolos com a elegância que lhe é peculiar, e de não tecer qualquer crítica à gestão municipal, há tempos a saída de Jairo era cogitada nos bastidores.

De perfil essencialmente técnico, o empresário não estaria confortável com determinados direcionamentos políticos do Palácio Barão de Nova Friburgo, muitos dos quais influenciados por integrantes remanescentes do colegiado que ele acaba de deixar.

Vai sozinho?

A pergunta que fica é a seguinte: será que a estrutura consegue suportar o próprio peso sem um de seus principais pilares?

Pergunta

Após alguns dias de descanso nosso desafio está de volta, sempre com a grife da maravilhosa Regina Lo Bianco.

E então, os amigos conseguem identificar qual é esta elegante construção?

Boa sorte a todos.

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.