Código de Inovação

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Para refletir:

"Percorra caminhos que não caminhara antes. Procure inovar tua vida, e saia da rotina. É através de novidades que o mundo gira."

Jhonantan Freire

Código de Inovação

Fim de ano chegando, todo mundo meio cansado de conflitos, espírito natalino no ar…

Que tal falarmos sobre a elaboração a muitas mãos do Código Municipal de Inovação, um esforço muito legal que está acontecendo em nossa cidade, e a maior parte da população ainda desconhece?

Contexto

Tudo começou, como era de se esperar, na redação de nossa nova - e sob vários aspectos revolucionária - Lei Orgânica Municipal (LOM), que dedica grande espaço a ciência, tecnologia e inovação, e estabelece a criação de dispositivos voltados a aumentar a eficiência e a transparência de políticas públicas, através do estímulo à incorporação e ao desenvolvimento de tecnologias, em meio a um processo de capacitação de mão de obra e geração de empregos.

União de poderes

A fim de dar concretude a tais determinações, o relator da LOM, vereador Professor Pierre, elaborou algumas indicações legislativas que talvez não tivessem frutificado se não tivessem encontrado à frente da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação o ex-vereador Marcelo Verly, um personagem que traçou carreiras paralelas no Legislativo e no universo acadêmico e que jamais deixaria de dar a devida atenção a matérias que uniam essas duas esferas.

Bola de neve

Pois Verly não apenas “comprou” as ideias, como vislumbrou a elaboração de um Código de Inovação, reunindo num mesmo bloco diversas legislações a respeito do tema.

E foi além, ao solicitar a realização de uma audiência pública na qual reuniu diversos atores deste meio, com destaque para o pessoal do InovaFri, Ecossistema de Inovação de Nova Friburgo, que abraçou a causa e contribuiu decisivamente com informações e indicações.

Exemplos

Entre os temas atendidos, Agenda 2030/ODS; Plano Diretor Cidade Inteligente; Dados abertos; Fomento a hubs de inovação e startups; Inovação na gestão pública; Sustentabilidade no Executivo; Sistema Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação; e a criação do conselho municipal correlato.

Vanguarda

Nova Friburgo também teve contato com a realidade de outras cidades, em especial Petrópolis, que já tem lei a respeito de inovação.

Coube então ao assessor técnico Filipe Saturnino o trabalho de estudar e reunir legislações já existentes no Brasil, que seriam debatidas e aprimoradas em reuniões futuras, permitindo que a redação do Código - já madura e praticamente pronta para ser debatida e aprovada em plenário - seja mais rica, completa, amarrada e didática que a de Petrópolis ou qualquer outro município.

Oportunidade

A coluna pretende aprofundar o assunto nos próximos, mas já pode antecipar que o envolvimento e apoio do prefeito Renato Bravo a essa causa certamente representarão um ponto a ser elogiado e uma oportunidade de construção de um legado positivo por parte da atual gestão municipal.

Abaixo, a coluna reproduz alguns depoimentos que não deixam dúvidas a esse respeito.

Cenário eleitoral

Dias atrás a coluna antecipou o que parece ser uma iminente mudança de eixo para o diretório municipal do PDT em Nova Friburgo.

Mas, enquanto isso não se concretiza, o partido registrou uma baixa importante em sua nominata nesta semana com a desfiliação de Marcos Antonio Saraiva Pereira, mais conhecido como Marquinho do Pepê e Gabriel, que em 2016 obteve 1.231 votos, aparecendo em 20º na lista de candidatos mais votados na cidade.

Numa eleição que não terá coligações, é o tipo de perda que pode fazer muita diferença

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.