Atitude

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quinta-feira, 06 de junho de 2019

Para pensar:

“Amuralhar o próprio sofrimento é arriscar que ele te devore desde o interior.”

Frida Khalo

Para refletir:

“Alguns homens vêem as coisas como são, e dizem 'Por quê?' Eu sonho com as coisas que nunca foram e digo 'Por que não?'”

George Bernard Shaw

Atitude

Ao final da tarde de terça-feira, 4, surgiram os primeiros sinais de que o plenário de nossa Câmara Municipal estava disposto a votar e aprovar imediatamente o decreto legislativo elaborado a fim de sustar os efeitos do decreto municipal 157, que determinava restrições à gratuidade no transporte coletivo para pessoas na faixa dos 60 aos 64 anos.

O tempo permitiu que a informação fosse incluída na coluna de quarta-feira, 5, mas não houve tempo para avaliar todo este episódio com um pouco mais de profundidade.

Firmeza

Tão logo o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vereador Isaque Demani, apresentou parecer reforçando os argumentos que já haviam sido apresentados pelo vereador Professor Pierre em meio às justificativas do decreto legislativo, o colégio de líderes se reuniu e concordou em incluir na ordem do dia a apreciação do projeto, que logo depois seria aprovado por unanimidade.

Imagine

Não se tem notícia, na história recente de Nova Friburgo, de outro decreto legislativo de sustação de ato do governo, como este que acaba de ser aprovado.

Todo o episódio serviu para deixar claro algo que a coluna já vem dizendo há muito tempo: nossa cidade seria muito diferente se a Câmara Municipal agisse sempre com firmeza e independência.

É este tipo de postura que se espera de representantes da população, uma atuação livre de amarras que comprometam a isenção.

Desconexão

Já em relação à prefeitura, não há muito que dizer.

O decreto 157 entra para a história como algo grotesco, tanto no mérito quanto na forma.

Sintoma de quem não consulta a população, desrespeita o Legislativo, e expõe a própria base governista a esse tipo de situação insuportável.

Uma peça que retirava direitos adquiridos, feria a Lei Orgânica, e nem ao menos foi comunicada com antecedência ou veio acompanhada de alguma tentativa de a justificar.

Fruto, enfim, de uma total desconexão com o que se passa em nossas ruas.

CME

Será realizada no próximo dia 27, uma quinta-feira, a plenária ampliada do Fórum Municipal de Educação, que é o espaço para eleger representantes da sociedade civil organizada para a formação do Conselho Municipal de Educação (CME) de Nova Friburgo.

Podem ser candidatos pais e/ou responsáveis, estudantes, integrantes de associações de trabalhadores e de empresários, movimentos sociais e instituições ligadas à educação (que ainda não tenham participação no CME).

Importância

O Conselho tem por missão estimular e propor a formulação de políticas para a educação no município.

Além disso, o CME tem funções consultiva, propositiva, mobilizadora, deliberativa, normativa e fiscalizadora, de tal modo que ampliar sua representatividade é algo importante para melhorar a educação em nossa cidade.

Onde, quando e como

A plenária será realizada das 18h às 21h, no auditório do Colégio Estadual Jamil El-Jaick, na Rua Euclides Solon de Pontes, 33, no Centro.

As inscrições podem ser feitas através da página https://forms.gle/CDJ2YsvaqJLC1MpcA

Odette (1)

Há alguns dias A VOZ DA SERRA noticiou diversos problemas estruturais no Colégio Municipal Odette Penna Muniz.

Pois bem, a coluna pode atualizar, a este respeito, que o vereador Isaque Demani vistoriou a escola, e em seguida protocolou um pedido de vistoria junto à Defesa Civil.

Odette (2)

Já o vereador Wellington Moreira encaminhou ofício às secretarias de Educação e de Obras, e também ao gabinete do prefeito, requerendo providências urgentes às denúncias feitas, “para que não tenhamos mais uma situação judicializada”.

A peça enfatiza o risco de situações como fiação exposta e queda de rebocos.

Olaria

E já que mencionamos os vereadores do MDB, existem mais dois registros a serem feitos.

Isaque também enviou ofício ao prefeito solicitando que não seja homologado o resultado do aviso de tomada de preços para contratação da empresa de engenharia responsável pela construção da nova praça em Olaria.

Em vez disso, o vereador afirma que a maior parte da população deseja a construção de um mercado municipal (que resolveria os transtornos causados pela feira livre), e da UPA prometida em campanha.

Tração animal

Wellington Moreira, por sua vez, tem se dedicado a fiscalizar denúncias de que haveria veículos de tração animal circulando pelo perímetro urbano de Nova Friburgo, na contramão do que determina lei de sua autoria.

Portanto, caso algum leitor testemunhe situação desta natureza, seria oportuno encaminhar a informação ao seu gabinete.

Resíduos sólidos

A Universidade Estácio de Sá, em parceria com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável e de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior da Prefeitura de Nova Friburgo, realizará nesta sexta-feira, 7, uma importante roda de conversa sobre gerenciamento de resíduos.

O evento acontece às 18h30 no auditório do Centro Administrativo César Guinle, na Avenida Alberto Braune, 224 - 3º andar.

Conteúdo (1)

Na ocasião, o professor Ricardo Finotti (Estácio) apresentará a palestra "Resíduos sólidos na APA de Macaé de Cima: um estudo de caso"; a partir dos resultados obtidos através de trabalho dos alunos Fernando do Nascimento Dias, Jackson Silva Sanches e Lucas Pacheco Charles, orientados pelo próprio Ricardo Finotti e por Mário Roberto Valpaços.

A fim de estimar a produção de lixo em uma Unidade de Conservação de uso sustentável, a Área de Proteção Ambiental Estadual de Macaé de Cima (Apamc), foram feitas visitas ao aterro sanitário de Nova Friburgo.

Conteúdo (2)

Uma análise piloto, qualitativa e quantitativa, dos resíduos sólidos que são coletados na localidade foi realizada através do método de quarteamento.

Os resultados desta análise foram comparados com dados do IBGE da composição gravimétrica dos resíduos coletados no Brasil, e com base nesse trabalho pretende-se fomentar a discussão sobre o gerenciamento dos resíduos gerados e sobre a modificação do sistema atual a partir da determinação de objetivos mais adaptados à realidade local de forma mais descentralizada e participativa.

Conteúdo (3)

Em seguida será a vez da professora Ana Moreira (IPRJ/Uerj) palestrar sobre a "Implantação de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos no IPRJ - Uerj".

A partir de uma breve apresentação das políticas nacional e estadual de resíduos sólidos, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Uerj relacionados à geração, coleta, armazenamento e destinação adequadas dos resíduos da instituição (etapas de planejamento e implantação).

Complementando a apresentação será feito um relato das ações desenvolvidas no âmbito educacional, chamado Ecoeduca.

Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.