Vitoriosa a proposição que dá nome de Carlos Côrtes a colégio estadual

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

sábado, 25 de novembro de 2017

Edição 25 e 26 de novembro de 1967

Pesquisado por Guilherme Alt

Manchetes:

  • Já vitoriosa, pelas adesões recebidas, a proposição do deputado Álvaro de Almeida: proposta é de dar o nome do professor Carlos Côrtes a colégio estadual em Friburgo.
  • João Saldanha, no gabinete do secretário Edgard de Almeida: Moção congratulatória da Assembleia Fluminense. O nosso companheiro João Saldanha foi escolhido e já tomou posse nas funções de oficial do gabinete do secretário Edgard de Almeida. A escolha recaiu num jovem idealista, competente e realmente gabaritado para o cargo.
  • Prestigiado pela opinião pública o secretário da Defesa Civil: O deputado Edgard de Almeida que na semana passada assumiu a Secretaria de Estado para a qual foi convocado pelo governador Geremias, continua a receber as mais soberbas demonstrações de solidariedade e provas de confiança na sua ação à frente da pasta.

Pílulas:

  • Na manhã da passada quinta-feira os boatos de que o doutor engenheiro ex-prefeito estava de missionário no DER tomavam vulto. Nós não demos a menor bola para a notícia. Afinal, seria tão régio presente para o povo fluminense, que dificilmente a coisa aconteceria. A limpeza no importante setor das vias de comunicações do nosso estado, representaria o melhor Papai Noel para Geremias.
  • Órgão oficial arenista da nossa terra, anunciou com grande alarido tudo o que é e tudo que vai fazer o substituto do dr. César Guinle, no diretório local.  A história foi contada como notória e suprema salvação para o partido, dado os atributos e a capacidade do atual detentor da presidência da Arena. Nunca o dr. César Guinle foi tão injustiçado! Se levarmos em conta que as injustiças partiram do seu jornal.
  • Nunca negamos e nem duvidamos da operosidade e dos atributos do ilustre e querido médico que substitui o dr. César Guinle no diretório da Arena. O tópico acima está alicerçado, tão somente, no fato do jornal arenista noticiar a substituição como se a apatia, desorganização e total incapacidade fossem as tônicas do substituído, que na nossa opinião merecia outro “bota fora”.
  • O Banco Agrícola de Cantagalo inaugura a sua nova agência na sede do município de Itaocara, valendo dizer que a população daquela progressista zona estará presenteada com modernas e funcionais instalações no seu principal estabelecimento bancário. Mais uma iniciativa vitoriosa do extraordinário banqueiro Jorge José Netto, em favor da terra fluminense: a sua terra.
  • Dauaire tomou posse na Secretaria do Trabalho, num desafio claro, dele próprio e do governador do Estado, aos pruridos de uma meia dúzia de dedo duros que pensam assustar pelo telefone e não perdem a mania de mando discricionário em plena vigência de uma constituição.

Colunas

  • J.B da Silva assina “Retalhos”. “Quase acontece um suicídio no Dia da Bandeira. O senador  A.E. no carro de V. Excia., o vice-prefeito, convidou (estava chovendo), o sr. J.Q.T, conhecido udeno-arenista, figura popular, pois sempre usa pequena gravata: este aceitou a carona, sob a condição de, apenas, do B.B ao Dragão... Queria ver “si” o Itamarati era gostoso. O senador não deixou que o vice parasse o carro e este foi descendo e o convidado protestando... Ao chegar em frente a rodoviária Lions Clube, o sr. J.G. conseguiu abrir a porta e ameaçou “’Si’ não parar, eu pulo”. E o vice parou. Fora do carro confessou o senhor J.G “Eu não podia passar em frente à prefeitura nesse carro”. Outro destaque na coluna. “Efetuar pagamentos de salários, em prestações de “classe”, é bem diferente de fazê-lo em prestações de “pagamentos”. No primeiro, separaram-se para facilitar o trabalho. No segundo, para facilitar o compromisso de quem paga. Felizmente na PM, o dinheiro é em dia para efetuar os pagamentos...”
  • Em “Nova Friburgo na Sociedade”, W. Robson assina “Metido a Homem!”. “Quando sol abrasador, faz ferver nossos 15 anos, todos sentem a vida bem pequena ante a grandeza dos seus desejos. É que eles afloram com a mesma velocidade espantosa de uma flecha de ciclone em figura em figura humana do índio Tabirra, que Viriato Corrêa em “Terra de Santa Cruz”, apresenta-nos como um indomável guerreiro do mais alto destemor. Em todos, nessa alucinante idade na mais barulhenta ebulição, tal e qual um jato furioso a cortar as nuvens no céu incontrolável complexo de masculinidade”.

Sociais

  • AVS parabeniza os aniversariantes: Paulo Folly (26), Adriana Ventura, Esther Pecly Ventura (27), Mariana de Azevedo (28), Mário Haiut e Débora Ventura (29), José Namen, João Batista de Moraes, Johann Evangelista, Vera Pereira, (30), José Maria Coutinho, Johannes Weidauer (1).
Foto da galeria
Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.