“Não há mal que sempre dure”

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

sábado, 30 de dezembro de 2017

Edição de 30 e 31 de dezembro de 1967

Pesquisado por Guilherme Alt

Manchetes:

  • Não há mal que sempre dure -  O ano que está findando não deixa nenhuma saudade. Termina com um saldo negativo para as classes média e pobre, pois foi necessária altíssima dose de renúncia e sacrifícios para que elas conseguissem sobreviver. O povo desolado, cansado, das constantes desculpas e diárias promessas de dias melhores, já se perguntava em janeiro.
  • O povo fluminense confia e prestigia a Assembléia Legislativa do nosso Estado - A Assembleia está inteiramente devotada aos interesses da população da Velha Província. Em constantes reuniões para estudo e decisão de matérias e julgamentos transcendentais à regular marcha do executivo à regular a marcha do Executivo Estadual, a Casa do Povo desempenha papel histórico nesta conturbada fase política nacional.
  • Raio X da administração friburguense - A nossa edição de Natal figurou como que uma chapa de raio X da administração municipal. Além de 24 clichês de obras levadas a efeito, relacionamos as realizações prefeiturais, dando nome por nome dos logradouros beneficiados, a natureza dos serviços, metros lineares ou quadrados das galerias, as pavimentações, apontando os custos e, enfim, procurando fotografar para os leitores os feitos do administrador que os friburguenses escolheram nas urnas.

Notas sociais:

  • AVS registra os aniversários de: Leomar Braune (1), Sebastião Mário (2), Getúlio César, Melícia Patti (3), Mário Antônio Thurler, Walter Soares Cunha (4), Pedro Cúrio (5), Lourdes de Mello, Benedita Soares, Hamilton de Souza, Olga Bonan (6).

Colunas:

  • João Batista da Silva assina “Retalhos” -  “Obrigado ao senhor Deus que no dia 24 permitiu, pela manhã, o tempo ideal para a realização da nossa festinha, no Recreio. Ao senhor W. Robson pelo destaque, pelo destaque ao J.B em sua coluna dos “Mais”. Ler Paulinho Cúrio é sempre motivo de prazer espiritual. Aos senhores amigos e firmas que lembraram do J.B e família, desejando-lhes o melhor, o que lhes retribuímos com dobrada generosidade. Ao senhor bispo Dom Clemente Isnard, pastor da nossa Diocese, figura exponencial do clero brasileiro”.

Anúncio

  • Se o seu negócio é transportar mais carga que os outros, mais depressa que os outros, tendo mais lucro que os outros, compre um Mercedes-Benz e esqueça os outros.
Foto da galeria
Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.