Governador Geremias Fontes confirma ao prefeito Amâncio Azevedo realizações administrativas

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

sábado, 17 de agosto de 2019

Edição de 17 e 18 de agosto de 1969
Pesquisado por Fernando Moreira

Manchete:

  • O governador Geremias Fontes, conforme deixou firmado em longa palestra com o prefeito Amâncio Azevedo, fará executar em nosso município, uma série de realizações administrativas em proveito dos friburguenses - Friburgo, por todos os títulos e direitos, conquistados pela sua pujança e méritos incontestáveis na participação do atual desenvolvimento e economia do Estado do Rio, não poderia ficar em posição de inferioridade e com setores em completo esquecimento, como em várias ocasiões aconteceu.
  • Querem Álvaro na Prefeitura - Sucedem-se as manifestações de representações no sentido do deputado Álvaro de Almeida aceitar a indicação do seu nome para suceder o prefeito Amancio Azevedo. Embora saibamos da disposição do ilustre homem público em candidatar-se à Câmara dos Deputados, não podemos deixar de consignar o desejo de inúmeros leitores, em cartas, telegramas e telefonemas. O prestígio de Alvaro de Almeida junto ao eleitorado friburguense é enorme e seu gabarito constitui a maior razão dos desejos que vêm sendo expendidos no seio do seu partido.
  • Grande progresso atravessa o quinto distrito - Lumiar e São Pedro estão recebendo e vão receber um substancial influxo de obras. Pavimentação das ruas das sedes dos povoados, jardins coretos, gradis, bancos e outros melhoramentos. O prefeito Amâncio Azevedo, em ritmo acelerado, desenvolve um plano arrojado de realizações nas zonas rurais, cooperando ainda, com as iniciativas particulares de ordem esportivas, recreativas e sociais das vilas distritais. Já em construção no quinto distrito, duas modernas e funcionais escolas com amplas salas de aula, área coberta e residência da professora, corporificando um plano de ação no setor do ensino primário que constitui autêntica revolução no assunto.
  • Aniversário do deputado Edgard de Almeida - Transcorre neste dia 18, o aniversário do professôr Edgard de Almeida, catedrático de medicina e que como deputado representa os friburguenses na Câmara Federal. Político de prestígio e de elevado conceito, Edgard de Almeida há conquistado nos meios sociais do município posição de relevo, impondo-se sobretudo pela lhaneza no trato.
  • Banco Predial - O conceituado Banco Predial do Estado do Rio inaugura neste dia 21, uma agência na “Olaria do Cônego”, em solenidade com sua diretoria e representações do mundo oficial e das classes produtoras.

Pílulas:

  • Grande animação na convenção do MDB. Comparecimento recorde de convencionais. E ainda dizem que o povo não quer saber de política-partidária… Ouve-se a todo momento, por todos os lados, que o governo não emanado do voto popular é apenas uma coisa imposta, quando muito, aceitável em momentos periclitantes à vida, soberania e tranquilidade de uma nação.
  • As filas intermináveis nas imediações do prédio onde funciona a administração local do Plano Nacional de Saúde, comprova à sociedade que algo está funcionando com parafusos soltos. Parece que gostam de ver o povo sofrer horas e horas exposto ao sol. Por incrível que pareça, às 8h as bichas (filas) alcançam números elevadíssimos. Mas afinal, por que não se aumenta o número de funcionários.

Sociais:

  • AVS registra os aniversários de: Dorotéia Queiroz Ventura (17); deputado Edgard de Almeida, Denise (filha do casal Maciza-Mário Lorena Claro) e João Maria Braune (18); Messias Moraes Teixeira, Albertino Moreira Costa, José Luiz Longo e Olga Maria Parca (19); Aloysio Yaggi Martins (20); Carolina Polo Castro Nunes, Ricardo Ventura El-Jaick e  Geraldo Pinheiro (21); Aristides Freire, Paulo de Souza Cordeiro e Verônica Villaça (22); Rosa Ramos Bussinger, Honório Pacheco Marques, Benício Araripe, Ronaldo Ventura, Maria Enir Batista da Silva e Willian Barroso (23).

 

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.