Amazon Prime Vídeo

Leo Arturius

Cinema

Leo Arturius é cineasta e assina a coluna semanal analisando a 7ª arte e os filmes em cartaz em Nova Friburgo

sábado, 20 de janeiro de 2018

Amazon Prime Vídeo está disponível no Brasil pelo valor de R$ 7,90/mês pelos primeiros seis meses. O grande concorrente mundial da Netflix. O ano de 2018 começa com grande investimento do sistema streaming, sua aposta para agregar mais assinantes será a série The Marvelous Mrs. Maisel, sobre uma dona de casa na década de 1950 que decide tornar-se um comediante de stand-up. O episódio exibido para os críticos americanos recebeu elogios.

A Amazon é uma gigante revendedora de produtos de sucesso, mas como programadora de TV está no meio de uma revisão da programação, particularmente no quesito roteiro das suas produções autorais. Por enquanto, seus investimentos no cinema faz com que sejam exibidos primeiramente nas salas comerciais para depois estrear no seu sistema, diferente da Netflix. O último caso está sendo o novo filme do Woody Allen, Roda Gigante, financiado pela empresa.

Em relação a reorganização empresarial, significa se concentrar em mais séries de grandes orçamentos que podem chamar melhor a atenção dos telespectadores, dando-lhes uma razão para manter a sua assinatura e agregar novas. Séries como "Transparente" e "Mozart in the Jungle" deram a aclamação e credibilidade da crítica dentro e fora de Hollywood. No entanto, a Amazon ainda não se transformou em um verdadeiro concorrente do líder de transmissão, Netflix. A série mais assistida da Amazon ainda é "The Grand Tour ", um reality show sobre automóveis destinado a atrair grandes públicos.

O sistema streaming e a empresa estão presentes em mais países do que a própria Netflix, mais de 240 territórios ao redor do mundo. Mas não obtém o mesmo sucesso, e no ano passado passou por uma crise existencial de programação e vários escândalos de assédio, a Prime acabou sendo uma empresa em processo de transição do que consolidação.

No final do ano passado a empresa surpreendeu a todos ao comprar por US$ 250 milhões os direitos de O Senhor do Anéis para desenvolver uma série e, para muitos, em 2018 a empresa se torna definitivamente a concorrente direta da Netflix. Os novos executivos anunciaram que vão investir muito em produções autorais a partir de agora, e nós, espectadores, ficamos felizes e ganharemos muito.

O ano está só começando, e por apenas R$ 7,90/mês poderemos contemplar as novas séries "Picnic at Hanging Rock", "A Very English Scandal", "White Dragon", "Absentia", "Vanity Fair" e "King Lear". Além do drama épico "Britannia", ambientado em 43 dC, sobre a conquista de Roma nos celtas nas ilhas britânicas, estrelado por David Morrissey, Kelly Reilly e Zoe Wanamaker. "Homecoming": o thriller psicológico do criador Sam Esmail, protagonizado por Julia Roberts como assistente social em uma instalação secreta do governo. "Jack Ryan" de Tom Clancy: John Krasinski assume o papel de analista da CIA, nesta adaptação de Carlton Cuse e Graham Roland. Abbie Cornish, Wendell Pierce, Peter Fonda, Mena Massoud e Timothy Hutton também são estrelas. "The Romanoffs": a série de antologia de Matthew Weiner apresenta histórias diferentes ligadas ao fato de que os personagens são todos descendentes da família real russa. Uma comédia sem título estrelado por Fred Armisen e Maya Rudolph, dos criadores Alan Yang e Matt Hubbard. Além da série Jean-Claude Van Johnson, um deboche a carreira de Jean-Claude Van Damme, estrelada pelo próprio ator.

A Amazon Prime Vídeo possui em torno de 60 milhões de assinantes apenas no EUA, enquanto a Netflix está perto dos 100 milhões ao redor do mundo. E você, faz parte de qual time?.

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Leo Arturius

Cinema

Leo Arturius é cineasta e assina a coluna semanal analisando a 7ª arte e os filmes em cartaz em Nova Friburgo

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.