Três são presos após tentar roubar carga de caminhão

Caso aconteceu em Cordeiro; houve perseguição e troca de tiros
quinta-feira, 30 de março de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
O caminhão foi levado a uma estrada de chão (Foto: 11ºBPM)

Três homens, de 31, 33 e 37 anos, foram presos na última quarta-feira, 29, suspeitos de tentar roubar a carga de um caminhão de uma transportadora de bebidas. O caso aconteceu na RJ-116, na altura do município de Cordeiro. Os suspeitos estavam em uma moto Honda CG e um carro, modelo Corsa.

De acordo com a Polícia Militar, motoristas que trafegavam pela via testemunharam o caminhão de transporte entrando em uma estrada de chão seguidos por uma moto e um carro de passeio. Suspeitando da cena, os motoristas acionaram a polícia.  

Ao chegar no local indicado, agentes da guarnição de Cantagalo encontraram quatro homens que, ao avistarem as viaturas policiais, deram início à fuga pela mata. Durante a perseguição, houve troca de tiros, mas ninguém se feriu. A polícia conseguiu prender três dos suspeitos.

Ainda segundo os PMs, eles confessaram ser do município de Macaé. Junto a eles foram encontrados um revólver Taurus, calibre 38, com a numeração raspada, contendo seis balas; uma mochila contendo óculos de proteção de corte, uma lixadeira, seis discos de corte, quatro abraçadeiras de plástico, canivete, uma esmerilhadeira, uma furadeira de impacto, um transformador e R$ 178,00 reais. A posse da arma estava com o homem de 37 anos e o restante do material foi encontrado no carro e na mata.

O caso foi registrado na 154ª DP, em Cordeiro, e os suspeitos foram autuados por roubo de veículo e formação de quadrilha, conforme os artigos 157 e 288 do Código Penal. Os agentes informaram ainda que na tarde da última quinta-feira, 30, o fugitivo e outro homem que viera resgatá-lo foram encontrados em Trajano de Moraes.

LEIA MAIS

Mulher chega a ser agredida na rua; em outro caso, aparelho é furtado em loja

Ele foi detido com carne, maços de cigarro, vinho e sabão em pó

R$ 2.200 são levados após residência na Avenida dos Ferroviários ser revirada

Publicidade
Agora Faz