Termômetros dos relógios digitais entram em parafuso

Equipamentos chegam a mostrar até seis graus de diferença, e um deles para de funcionar
sábado, 17 de junho de 2017
por Dayane Emrich

Os relógios digitais de Nova Friburgo estão novamente com problemas. Os equipamentos, que tinham voltado a exibir informações sobre a temperatura na última segunda-feira, 12, estão apresentando falhas, menos de uma semana depois. Enquanto o equipamento situado no início da Avenida Alberto Braune indica temperaturas improváveis, o da Praça Marcílio Dias,  no Paissandu, deixou de mostrar mais uma vez os graus na cidade.

É o que relata o comerciante Roberto de Souza, de 56 anos. “Outro dia de manhã fazia muito frio e fiquei curioso para saber quantos graus estava marcando. Olhei para o relógio e não acreditei: 24 graus. Impossível! Esse termômetro está completamente desregulado”, disse.

Para a cabeleireira Marly de Fátima Viana, de 46 anos, os graus indicados pelo equipamento também não correspondem à realidade. “Na quinta-feira (15) vinha andando do Paissandu. Lá estava marcando 20 graus e nesse aqui (Alberto Braune) marcava 14 graus. Como pode variar tanto em pontos tão próximos da cidade? Só pode estar errado!”, exclamou ela, contando que, já na manhã desta sexta-feira, 16, o relógio do Paissandu deixou de exibir a temperatura.

O mesmo foi relatado pela estudante Carolina Pereira, de 18 anos. “Quando ambos estavam funcionando, ao mesmo tempo o do Paissandu exibia uma temperatura e o da Alberto Braune, outra. Na quinta-feira, a diferença chegava a seis graus”, explicou ela.

Os relógios digitais passaram por manutenção no início do ano e, desde então, haviam deixado de exibir a temperatura e mensagens comerciais. Além da hora, os equipamentos passaram a mostrar apenas a data. Na época, muitos friburguenses ficaram chateados com o fim do serviço, já que, quando a temperatura cai, o fato vira notícia e muita gente aproveita para tirar fotos com o relógio, sobretudo turistas

A equipe de reportagem de A VOZ DA SERRA entrou em contato com a prefeitura para obter informações sobre o problema e para saber se os aparelhos irão passar novamente por reparos, mas não teve resposta.

A assessora de imprensa da empresa que vem administrando os relógios, Lilian Fernandes, explicou que o equipamento do Paissandu foi desligado para o conserto do calibrador sensível de temperatura. Já o relógio da  Alberto Braune se encontra em perfeito estado, segundo ela.

 

LEIA MAIS

Apresentações musicais, de dança e teatro fazem parte da programação

Levantamento deverá ser finalizado após o período de estiagem. Só em setembro foram 200 ocorrências

Máxima nesta terça deve ficar em 21 graus, chegando a 26 no fim de semana, enquanto mínima deve ficar em 13 durante a semana, em média

Publicidade
Agora Faz