Taxista é estrangulado e quase morto por assaltante

Menor de 17 anos usou cinto de segurança e fio de carregador de celular para enforcar motorista; foi detido por PMs na RJ-116
quinta-feira, 19 de outubro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

Com fios de carregadores de celular e o cinto de segurança enrolados no pescoço, um taxista de 56 anos foi encontrado desacordado no banco do carona do táxi na noite desta quarta-feira, 18, após ser vítima de uma tentativa de roubo em Duas Barras. O suspeito, um adolescente de 17 anos, estava ao lado de dele, no banco do motorista, tentando fugir com o carro, mas acabou detido por policiais militares.

De acordo com informações da PM, agentes da Radiopatrulha de Cordeiro estavam voltando de Nova Friburgo quando se depararam com um táxi parado, por volta das 21h10, às margens da RJ-116, no trevo de Duas Barras. De longe, os policiais observaram que o motorista não conseguia sair com o carro. Ao perceber a aproximação da guarnição, o adolescente que estava no volante saiu do carro e tentou fugir pela mata, mas acabou detido.

Dentro do veículo, os PMs encontraram o taxista desacordado no banco do carona, com ferimentos na cabeça e sinais de estrangulamento. No pescoço dele, estavam enrolados fios de carregadores de celular e um cinto de segurança do veículo. A vítima foi reanimada pelos policiais e levada pela ambulância da Rota 116, concessionária que administra a via, para o Hospital de Bom Jardim, onde está internada em observação.

Durante a ação, os agentes recuperaram um celular avaliado em R$ 900, três folhas de cheque preenchidas com o valor total de R$ 290, R$ 300 em espécie, além de uma carteira com documentos e cartões que seriam do motorista e o carro, um Hyundai HB20s, o veículo mais roubado no estado, segundo o Índice de Veículos Roubados (IVR), da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

O adolescente foi levado para a 152ª Delegacia de Polícia, em Duas Barras, onde foi autuado por tentativa de latrocínio. Ainda segundo a Polícia Militar, o rapaz permaneceu apreendido na delegacia até ser apresentado a um juiz da Vara da Infância e da Juventude.

 

LEIA MAIS

Investigações revelaram que bando do Tuiuti, na capital, fornecia armas pesadas para morros friburguenses

Crime aconteceu na região de Valão do Barro, em São Sebastião do Alto, em frente à casa da vítima

No mesmo dia, comércio no Paissandu foi furtado por funcionário. E PM apreende carro clonado na Chácara

Publicidade
Agora Faz
TAGS: crime