Supercopa SAF começa com poucos gols e vitórias apertadas

Novidade é a eleição do craque da rodada, com a premiação de um jogador a cada semana
quarta-feira, 23 de maio de 2018
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
A partida de estreia da Supercopa SAF

A mais aguardada competição de futebol amador de Nova Friburgo, enfim, teve início. Depois de toda a preparação, do lançamento com uma mega festa e da montagem de toda a estrutura, os atletas vestiram os uniformes, calçaram as chuteiras, e foram a campo pela primeira vez na edição de 2018 da Supercopa SAF. O palco da abertura foi o Estádio Márcio Branco, em Stucky, o mesmo que receberá a decisão, em 22 de julho. Sobre o gramado impecável, os oito times participantes da rodada inaugural puderam mostrar um pouco do potencial, e protagonizar partidas marcadas pelo equilíbrio.

Como já havia acontecido em 2017, a competição deste ano promete ser decidida em detalhes. Se nas primeiras edições um ou dois times demonstravam superioridade em relação aos demais, o cenário vem mudando nos últimos anos, e a promessa é que o torneio deste ano seja ainda mais disputado. Prova disso foi o primeiro duelo, entre Tio Dongo e Amparo, dois times tradicionais na Supercopa. Os goleiros foram destaques em partida bastante equilibrada, e o placar não foi alterado em Stucky.

Na sequência, as atenções se voltaram para o retorno de um bicampeão à competição. O Corujão, de Olaria, manteve algumas peças importantes de temporadas anteriores, apresentou algumas caras novas (como o experiente técnico Luiz Mendonça, ex-Friburguense) e fez o suficiente para vencer o Raça por 2 a 0, com os gols de Ramon e Daivid. O time de Conselheiro Paulino, entretanto, vendeu caro a derrota, com boa atuação, principalmente, no segundo tempo. O goleiro Felipe Ceccon chegou a defender uma penalidade, que poderia ter incendiado de vez a partida.

O jogo seguinte envolveu um dos representantes da zona rural friburguense e uma equipe com muita história no futebol amador da cidade. O São Lourenço mostrou força, e mesmo com muitos desfalques – inclusive de jogadores importantes – bateu o Nova Friburgo por 3 a 1, com gols de Alcinei, Walaf e Gregory. Já o gol do time verde, vermelho e branco foi de Juninho, um dos muitos jovens atletas que compõem o grupo do Friburgo no torneio.

Encerrando a primeira rodada, o atual campeão, Unidos do Alto, não decepcionou, mas não encontrou vida fácil contra um “conterrâneo”. João e Jorge Leandro marcaram os gols da vitória por 2 a 1, enquanto Leandro descontou para o bom time do Barroso.

A próxima rodada acontece no próximo domingo, 27, em São Pedro da Serra. As equipes do Estrela do Mar e do Vargem Alta, que folgaram no último fim de semana, farão as respectivas estreias na competição, enquanto Unidos do Alto e São Lourenço descansam no próximo fim de semana.

Craque da rodada é novidade

Além de manter a fórmula que fez da competição um sucesso nas cinco primeiras edições, a organização da Supercopa SAF resolveu adicionar alguns detalhes para dar um charme diferenciado ao campeonato. O primeiro deles é a flâmula que terá o brasão de cada uma das equipes. A cada rodada, os times trocarão os objetos uns com os outros, podendo assim ter uma recordação da partida e do clube adversário.

Outra novidade é a eleição do craque da rodada, com a premiação de um jogador a cada semana. Ao final de cada jogo, o técnico de uma equipe escolhe o melhor jogador do adversário, e uma foto será feita ainda no campo de jogo. Portanto, oito atletas concorrerão por rodada. Vinícius (Amparo), Léo (Barroso), Marcus Paulo (Corujão), Renan (Nova Friburgo), Doberto (Raça), Marcelinho (São Lourenço), Luquinhas (Tio Dongo) e Matheusinho (Unidos do Alto) são os primeiros candidatos ao prêmio.

Essas fotografias serão postadas na página oficial da Supercopa SAF (www.facebook.com/SupercopaSaf), e o jogador que tiver a imagem mais curtida ganhará, no final de semana seguinte, um troféu e R$ 100. A votação acontecerá a partir da segunda-feira após a rodada até a sexta-feira que anteceder o próximo fim de semana de jogos.

 

LEIA MAIS

Placar faz a diferença, neste momento, para que o time comandado por Cadão seja o vice-líder da chave

Repartições, agências bancárias, comércio, ônibus: alguns serviços adotarão horário ou esquemas especiais

Bola bateu na trave três vezes em partida emocionante, com um minuto de silêncio por Chiminga

Publicidade
TAGS: futebol