Reiki, o poder de cura através das mãos

A energia divina que todo ser humano possui
sábado, 10 de março de 2018
por Ana Borges (ana.borges@avozdaserra.com.br)

Foi no exercício da profissão como médica cardiologista, que Vânia de Moura Carvalho Mendes descobriu a energia das mãos. Ao examinar seus pacientes, alguns sentindo dores, eles relatavam uma sensação de alívio tão logo a médica encostava as mãos no local indicado.

“Num primeiro momento, esses relatos me incomodavam um pouco, porque eu não sabia explicar o que acontecia, não tinha nenhuma ideia sobre o que podia ser.  Isso foi em meados de 1990, e ainda não se falava, como hoje, da questão quântica, de energia. Em 1996, uma amiga me convidou para fazer um curso de Reiki, e então pude entender o que eu tinha nas mãos: era uma energia divina, que a gente recebe e canaliza através das mãos, visando a cura. Isso é a terapia de Reiki”.   

Vânia conta que o Reiki é uma técnica japonesa de tratamento alternativo aceita pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que utiliza a imposição de mãos para o tratamento. “Inclusive, essa técnica é utilizada em diversos hospitais no Brasil e no mundo e estudada em teses de mestrado e doutorado nas mais importantes universidades do mundo”, acrescentou.

“Somos energia condensada, um aglomerado de átomos e produzimos campo energético. Raramente sabemos como lidar com ele de forma a harmonizá-lo, mas qualquer pessoa pode usar essa energia, porque todos nós a recebemos”, explicou Vânia, que vai realizar seminário nos próximos dias 24 e 25, e no dia 2 de abril, aqui em Friburgo, no Terra Amada Espaço Terapêutico . “O participante vai aprender a conhecer esta energia, a limpá-la, a se proteger, a conhecer seus chakras, sua aura e ainda a se harmonizar”.

Trabalhando as emoções...

“As pessoas não sabem, não usam, não acreditam”, comenta Vânia, garantindo que todo ser humano tem essa energia, é fato comprovado. “Qual o ato instintivo quando você sente dor? Colocar a mão onde dói. Porque o toque da mão, da palma sobreposta no lugar da dor, automaticamente traz algum alívio, proteção, relaxamento. É um ato inconsciente, mas natural, que está em todas as coisas, nos seres vivos, em nós. E infelizmente, poucas pessoas usam”.

Segundo ela, a Nasa desenvolveu aparelhos que captam essa energia e transforma em som através de ondas radiofônicas, comprovando a teoria relatada pelos praticantes do Reiki.

“Outra forma de comprovação são os aparelhos que medem o estresse, através de eletrodos. Em cerca de 30 segundos a um minuto de Reiki, os medidores mostram claramente que o estresse vai diminuindo. Sem sombra de dúvida. Então, depois de tantos anos de desconfiança, incredulidade sobre a eficácia dessa terapia, tudo que a gente falava sobre essa energia, está sendo comprovado, cientificamente”.     

Como cardiologista, Vânia observa que a maioria das doenças, como hipertensão, arritmias, dores reumáticas, tem um fundo emocional. “As nossas emoções, nossos sentimentos, se mal conduzido, mal trabalhado, pode se transformar em dor. Com o Reiki a gente busca autoconhecimento, e com a imposição de mãos, para harmonizar e curar. Essas são as metas do Reiki, à qual aliamos outros tratamentos como a PNL, meditação, entre outros, para buscar a origem dos problemas dos pacientes e fazê-los entender para chegar à cura”, explica a terapeuta, que já realizou vários tratamentos com resultados positivos, inclusive na área em que é especialista, comprovados por exames feitos antes, durante e depois. “Nos casos de hipertensão, então, os resultados são ainda mais expressivos”, completou.       

Com fé, ou sem fé, apenas com vontade

Santo de casa não faz milagre, e, no caso, não é milagre mesmo. Para Vânia, ter fé ou não, acreditar ou não no tratamento com a energia das mãos, independe de fatores como esses. “Se uma pessoa não quer fazer, vai bloquear a mente, então para que insistir? Mas para ter bons resultados, não precisa ter fé, religião, ou qualquer coisa do gênero. Basta querer e procurar um terapeuta do Reiki para receber a imposição das mãos. O resultado virá”, afirma.

Vânia conta que o monge budista japonês Mikao Usui criou os cinco princípios do Reiki, como que convidando as pessoas a darem os primeiros passos, nesse sentido, assimilando cada princípio, até que consigam atingir tais princípios como regras em suas vidas e não exceções.

São eles: somente por hoje, sem raiva; somente por hoje, sem preocupação; somente por hoje, ser gentil; somente por hoje, trabalhar honestamente; somente por hoje, ser grato por todas as benções recebidas.     

Para entender o que é Reiki, devemos conhecer o significado de seu nome, composto de duas palavras japonesas: Rei – “energia divina” – e Ki – “energia humana”. Acredita-se que o Reiki, criado em 1922 pelo monge budista japonês Mikao Usui, seja a energia humana espiritualmente guiada, baseada em manuscritos sagrados de discípulos de Buda.  

Seus praticantes acreditam ser possível canalizar a energia universal a fim de restabelecer o equilíbrio natural, não só espiritual, mas também emocional e físico. Se o nível de “energia vital” está baixo, ficamos mais propensos às doenças ou mais estressados. Se estiver alta, somos mais capazes de nos sentirmos felizes e saudáveis.

No tratamento, o paciente sente um fluxo de energia positiva passando através e ao redor do corpo, reduzindo o estresse, promovendo o relaxamento que por usa vez atua na cura de inúmeras doenças. Ao tratar a pessoa como um todo, incluindo corpo, emoção, mente e espírito, cria efeitos benéficos que incluem sentimento de paz, segurança e bem-estar.

Seu método simples, natural e seguro de cura espiritual tem se mostrado eficaz na cura de, praticamente, todas as doenças conhecidas. Pode ser usado também em conjunto com todos os outros tratamentos médicos ou terapêuticos para aliviar efeitos colaterais e promover uma recuperação mais rápida. Não há nenhuma contraindicação.

O Reiki é disponibilizado em muitos hospitais e clínicas médicas, tendo sido integrado aos serviços oferecidos pelo SUS em janeiro de 2017.

Seminário de Imersão em Reiki – Nível I

Com a Mestre Vânia de Moura Carvalho Mendes

Serviço:

Dias 24 e 25 de março, sábado e domingo, a partir das 9h

Dia 02 de abril, das 9h às 13h

Local: Terra Amada Espaço Terapêutico

Rua Eugênio Gripp, 2.377, subida das Braunes

Inscrições e investimento:

Inscrições pelos telefones (22) 9 8137 6802, 9 9951 6416, 9 9601 9550. Os participantes recebem uma apostila de 160 páginas, camiseta e refeições no dia do curso. Qualquer pessoa está apta a participar do seminário. Não há qualquer restrição de idade ou formação para fazer o curso.

Informações: (22) 9 8137 6802 ou agência Presto – Comunicação e Resultado. Tel.: 22 9 9265 2920 (André Lima) e email: criacaoprestomidia@gmail.com

A dra. Vânia Mendes e outros terapeutas realizam atendimentos gratuitos, às quintas-feiras, das 19 às 21h, no “Nosso Espaço Saúde e Bem Estar”, localizado na Rua Ernesto Brasílio, 48, sala 201, Centro. Tels: (22) 9 8137 6802 e 9 9969 9780.  

 

Publicidade
Agora Faz
TAGS: