Rapaz foi morto a pedradas e facadas por causa de R$ 5 mil

Caso é investigado como latrocínio: suspeitos emboscaram Vinicius para roubar dinheiro de carro
quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

O delegado titular da 151ª Delegacia de Polícia, Henrique Pessoa, disse nesta quarta-feira, 28, ao G1 que a morte de Vinícius Souza Braga, de 28 anos, é investigado como latrocínio (roubo seguido de morte). Na terça-feira, 27, policiais civis prenderam dois homens e apreenderam um adolescente em São Geraldo suspeitos de participação no assassinato. Os três teriam confessado o crime.

“Ele foi morto por dinheiro. Um dos suspeitos tinha vendido o carro de Vinícius, que já tinha sinalizado que queria comprar outro carro. Eles atraíram o Vinicius para uma emboscada para roubar o dinheiro (R$ 5.500) que estava com ele e o mataram”, disse Henrique.

Vinicíus foi morto com pedradas no rosto e facadas no pescoço. Ele estava desaparecido desde o dia 16, quando saiu de casa para comprar o carro. O corpo dele foi encontrado na noite do último sábado, 24, na estrada para Rio Grande Cima, em São Geraldo. Em meio a um bambuzal, ele estava em avançado estado de decomposição.

A vítima saiu de casa, segundo a esposa Thiarla Faustino da Silva, para se encontrar com o vendedor de um carro no ponto de ônibus em frente ao condomínio Bom Pastor, no bairro Vila Amélia. Ela falou com o marido pela última vez, por volta das 7h40 de sexta, pelo WhatsApp. A partir de então, Vinícius não respondeu mais às mensagens e aos telefonemas.

Thiarla disse ainda que ele iria trocar o Corolla que possuía por um Astra. Vinícius morava com Thiarla na Rua Souza Cardoso, na Vila Amélia e, segundo a esposa, Vinícius estava desempregado e também sofria de depressão.  Vinícius foi sepultado na tarde de segunda-feira, 26, no cemitério Trilha do Céu, no distrito de Conselheiro Paulino.

O delegado informou que solicitou à Justiça a prisão e apreensão preventiva dos três envolvidos no crime. Um dos suspeitos tem passagem por tráfico de drogas. Se os mandados de prisão forem expedidos, o os homens serão transferidos para um presídio no Rio de Janeiro, e o adolescente para um Criaad, um centro de internação para menores.  

LEIA MAIS

Vítima tentou defender uma mulher de uma briga com o marido

Suspeita é de tentativa de homicídio: 5 tiros foram disparados contra grupo. Vítimas foram levadas para o Raul Sertã

Ex é suspeito de ter matado atual companheiro de mulher com três tiros

Publicidade
TAGS: crime