Raio X do turismo: Parque Juarez Frotté é um refúgio bem cuidado

Mais uma reportagem da série especial sobre cartões postais friburguenses mostra que lugar está bem preservado
terça-feira, 15 de agosto de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa

Localizado no bairro Cascatinha, o Parque Municipal Juarez Frotté é uma ótima opção de lazer, principalmente no verão. Dentro do parque, as atrações são muitas e todas possibilitam o contato com a natureza.

A local conta com mirantes, trilhas, cachoeiras e tem sua fauna e flora bem preservada. É um convite à contemplação e a passeios em meio a belíssimas paisagens. No verão, o parque costuma receber cerca de mil pessoas, que lá encontram uma ampla área de lazer, parquinho para os pequenos, locais pra fazer aquele churrasco, piquenique e ainda o Viveiro Educandário, projeto que consiste no reaproveitamento de cones de linhas de costura industrial para o cultivo de árvores nativas da Mata Atlântica. Por tudo isso, o Juarez Frotté é uma atração turística bastante procurada na cidade.

Administrado pela Secretaria municipal de Turismo, o parque encontra-se em perfeitas condições, apesar da ventania que o atingiu no fim do ano passado. Trilhas bem conservadas, fiscalização rigorosa, limpeza impecável e sinalização clara são algumas das características que fazem do lugar um cenário atrativo para produções artísticas e, claro, para quem busca um espaço para relaxar.

Muitos fotógrafos costumam utilizar as dependências do parque para realizar ensaios fotográficos. O fotógrafo Guilherme Caetano realizou alguns trabalhos no local e é só elogios. “Mata Atlântica é sempre bonito. Tem algumas lindas quedas d'água lá pra dentro. O lugar conserva uma beleza natural que é importante registrar”, ele afirma, recomendando a visita ao parque a todos que buscam um ambiente tranquilo. “O Juarez Frotté é um lugar calmo. Se a pessoa procura tranquilidade em meio à natureza, lá é o lugar certo”.

Lucas Vieira cursa psicologia em uma universidade no Rio de Janeiro. Durante as férias de verão e de inverno, quando vem para Nova Friburgo, costuma frequentar o local para recarregar as energias. “Aqui tem uma áurea boa, uma vibração bem positiva. Saio daqui renovado”, conta o estudante, que sempre que pode traz os amigos da faculdade para conhecer o local. “Eu já trouxe aqui uns 15 amigos. Todos gostaram do parque. Mostrei as cachoeiras, as trilhas. Tudo aqui é bem conservado, o que atrai ainda mais turista e me dá mais vontade de visitá-lo”.

A modelo Karoline Fernandes já realizou alguns ensaios no parque. De acordo com Karol, o local foi escolhido por ser um cenário de riquezas naturais, além da boa localização. “O acesso ao parque é muito fácil. Além disso, as piscinas naturais são ótimos locais para se fazer um ensaio que harmonize com a natureza. O ambiente é tranquilo. Tudo conspira a favor”.

Viveiro Educandário

O Viveiro Educandário – uma iniciativa idealizada pela Elas Ecomodas e seus parceiros – é um projeto que consiste no reaproveitamento de cones de linhas de costura industrial para o cultivo de árvores nativas da Mata Atlântica e tem apoio da Prefeitura de Nova Friburgo.

O projeto foi inaugurado no final de abril e contou com a presença de convidados, visitantes, alunos de escolas públicas e privadas, e autoridades municipais, como o vice-prefeito Marcelo Braune, o secretário de Meio Ambiente, Alexandre Sanglard, e o de Infraestrutura, Ângelo Jaquel.

A ideia dos coordenadores do projeto – Adriana Santos e Alex Sandro Santos – é promover a educação ambiental através dos estudantes – crianças e jovens da cidade – utilizando o parque para o desenvolvimento de práticas presenciais acerca do tema em questão.

Revitalização

Em 2015, o Parque Municipal Juarez Frotté recebeu obras de revitalização. Os banheiros, parquinho e a entrada do parque foram reformados, além de um pequeno campo de futebol para crianças. O local recebeu bancos de cimento para o melhor conforto dos visitantes. 

Acesso

Para chegar ao Parque de carro basta seguir as placas de indicações do circuito da Caledônia. Quem vai de ônibus, é só pegar o coletivo que vai para o bairro Cascatinha/Interpass, descer no ponto da Praça do Cascatinha e ir andando pela bifurcação à direita. A pé, são cerca de dez minutos até o parque. O local tem segurança e patrulhamento de guardas municipais diariamente. O horário de visitação é de quarta a domingo, das 9h às 17h, e a entrada é gratuita.

 

LEIA MAIS

Ação civil pública ainda não teve mérito julgado, mas escritório pode fechar as portas já em dezembro

Friburguense planeja finalizar sozinho, ainda neste sábado, coleta de todas as garrafas de vidro deixadas no local

Temporal alaga ruas e provoca queda de árvores em Friburgo nesta sexta

Publicidade
Agora Faz