Quase 100 nascentes passaram a ser protegidas em Santa Maria Madalena

Produtores rurais de todo o estado estão sendo incentivados a preservar as fontes de água em suas propriedades. Rio Rural já investiu R$ 190 mil
segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Santa Maria Madalena é opção de turismo rural sustentável na Serra (Foto: Arquivo A VOZ DA SERRA)

Produtores rurais de todo o Estado do Rio estão sendo incentivados a proteger as nascentes de suas propriedades, por meio da campanha “Água Limpa para o Rio Olímpico”, do Programa Rio Rural, da Secretaria estadual de Agricultura. Em Santa Maria Madalena, já são 96 nascentes protegidas. Para tanto, o Rio Rurtal investiu R$ 190 mil.

Entre as fontes preservadas, 39 estão na microbacia Manoel de Moraes; 22 no Alto Imbé; 17 na Sede/Terras Frias; 12 no Médio Imbé e seis em Triunfo. Também foram realizados 31 isolamentos de área de recarga hídrica, totalizando 127 subprojetos ambientais no município.

Proprietário de uma agroindústria de doces em compotas, Luciano Correa, lembrou que, no inverno de 2015, o período de estiagem foi rigoroso. Segundo ele, aqueles que protegeram as nascentes não sofreram as consequências da falta de água. “Apenas os produtores que protegeram suas nascentes ficaram aliviados e não tiveram prejuízos”, disse Luciano.

LEIA MAIS

Ação civil pública ainda não teve mérito julgado, mas escritório pode fechar as portas já em dezembro

Friburguense planeja finalizar sozinho, ainda neste sábado, coleta de todas as garrafas de vidro deixadas no local

Via foi aberta em área de Mata Atlântica entre Nova Friburgo e Bom Jardim para criação de cavalos e produção agrícola

Publicidade
Agora Faz