Polícia já tem pistas do pichador do Centro de Friburgo

Denúncia anônima identificou suspeito, um adolescente de 15 anos que pode ser apreendido a qualquer momento
quarta-feira, 30 de agosto de 2017
por Adriana Oliveira
Foto de capa
A pichação feita no imóvel recém-reformado da doceria Cid Cakes (Arquivo AVS)

A Polícia Civil de Nova Friburgo já tem pistas do pichador flagrado sujando a fachada, recém-reformada, da doceria Cid Cakes & Co, na Rua José Eugênio Muller, na noite de sexta-feira, 25.

O proprietário da loja, Cidney Emerick, registrou o caso na 151ª DP nesta terça, 29. Segundo o delegado Henrique Pessoa, está sendo investigada uma denúncia anônima que identifica o pichador, que seria um rapaz de 15 anos. Ele não quis dar maiores informações sobre a denúncia, para não prejudicar as investigações. Se confirmada a denúncia, o suspeito pode ser preso a qualquer momento.

Recentemente reformado e pintado num belo tom de vermelho, o antigo casarão onde funciona a doceria amanheceu pichado na manhã do último sábado, 26.

Câmeras de segurança do estabelecimento captaram imagens do autor do crime, cometido às 23h42 de sexta. Ele é um rapaz de bermuda clara e casaco escuro com capuz, carregando um skate sob o braço. Acompanhado de um colega, que continua caminhando, ele para, saca um spray e rabisca o muro da loja, depois de ambos olharem para trás e para os lados, para se certificarem de que não havia ninguém os observando. A ação não levou mais do que um minuto.

No Facebook, o proprietário da loja, Cidney Emerick, desabafou: “Infelizmente você chega para mais um dia de trabalho e encontra a fachada da sua loja pichada por marginais. Estamos tomando as devidas providências para que elementos como esses não destruam a nossa cidade”, postou ele, indignado.

O post teve mais de 140 reações de apoio, muitos compartilhamentos e vários comentários indignados contra os pichadores. “Falta de lei, vagabundos”, comentou um deles.

Nos arredores da Cid Cakes e por todo o Centro de Nova Friburgo, dezenas de outros imóveis e muros também estão pichados. Recentemente, o chafariz da Praça Getúlio Vargas também amanheceu na mesma situação, dias depois de ser recuperado pela Secretaria de Serviços Públicos.

Segundo o delegado Pessoa, pichar é considerado crime de menor potencial ofensivo e cabe ao MP recomendar uma pena mais dura, para a Justiça decidir.

Há alguns meses tramita na Câmara dos Vereadores projeto de lei de autoria do vereador Zezinho do Caminhão que pretende instituir o Programa de Combate a Pichações em Nova Friburgo. Se aprovado, a prefeitura criará um canal para receber denúncias, e a pichação passará a ser considerada infração administrativa passível de multa no valor de 315 Ufirs, independentemente das sanções penais cabíveis e da obrigação de indenização. Em caso de reincidência, a multa será dobrada.

“A proposta do projeto é ao menos inibir um pouco essas pichações, que estão exorbitantes. É inaceitável o que vem acontecendo.Muitas vezes o proprietário mal acabou de construir ou reformar, a casa fica linda, e noutro dia tudo amanhece pichado. A situação está gritante, e o município acaba gastando um valor considerável para recuperar patrimônios públicos. São recursos que o município poderia estar gastando em outros setores, em benefício da população, e acaba gastando para restaurar novamente algo que já havia sido restaurado”, sustenta Zezinho.

 

LEIA MAIS

Em comentários no site da VOZ DA SERRA, leitores questionam cumprimento e defendem ainda mais rigor contra vândalos

Prefeito Renato Bravo tem 30 dias para sancionar ou vetar projeto

Caso aconteceu na madrugada de domingo para segunda. Muretas e vasos de planta foram danificados

Publicidade
Agora Faz
TAGS: pichação