PM estoura gráfica que imprimia etiquetas de drogas para o tráfico

No material havia as inscrições CV 50 e CV 30, fazendo referência a facção criminosa
segunda-feira, 16 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
As etiquetas apreendidas na gráfica (Foto: 11 BPM)

Policiais do 11º BPM apreenderam 11 mil etiquetas, que seriam usadas em embalagens de drogas, em uma gráfica no distrito de Conselheiro Paulino. O flagrante foi feito no último sábado, 14. Os militares chegaram ao local por volta das 13h, motivados por uma denúncia anônima. Um funcionário, de 30 anos, que estava produzindo as etiquetas no momento da chegada da PM, foi levado à delegacia para prestar depoimento.

Em depoimento, o homem contou ter recebido R$ 200 adiantado para fazer a logo, imprimir e cortar as 11 mil etiquetas para o tráfico de drogas do “Complexo do Floresta”. No material havia as inscrições CV 50 e CV 30, fazendo referência à facção criminosa Comando Vermelho. Ainda de acordo com o homem, o material seria entregue nesta terça-feira, 17.

O caso foi registrado na 151ª DP, onde o material ficou apreendido. O responsável pela produção foi liberado.

 

LEIA MAIS

Policiais foram verificar denúncia de homens armados; recebidos a tiros, revidaram

Na casa dele, no Centro, PM encontraou pistola com numeração raspada, 24 munições e 111 tabletes de maconha

Suspeito, que foi preso, estava ainda com balança de precisão, rolos de plástico para endolação e um simulacro de pistola

Publicidade
TAGS: Drogas | tráfico