Placa caída na entrada de Nova Friburgo chama atenção de moradores e visitantes

Instalada próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, em Theodoro de Oliveira, sinalização estaria tombada há mais de um mês
segunda-feira, 17 de abril de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Placa caída próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, na localidade de Theodoro de Oliveira (Foto: Jorge Plácido Ornellas)

Quem chega a Nova Friburgo por Cachoeiras de Macacu não encontra mais a famosa placa, presente em diversos municípios do país, de “Bem-vindo”. Isto porque, segundo diversos moradores, a placa que dá as saudações aos friburguenses e visitantes, instalada na altura do quilômetro 65 da RJ-116, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, na localidade de Theodoro de Oliveira, no distrito de Mury, está caída há pelo menos um mês. 

“É uma vergonha! Um descaso! Um desrespeito com Nova Friburgo e com os usuários desta rodovia. Até quando a placa continuará tombada?”, questiona o aposentado Jorge Plácido, autor das fotos tiradas na última quinta-feira, 13. 

Para a professora Amélia de Castro, de 46 anos, o caso reflete a situação de diversos pontos da cidade. “O que não falta em Nova Friburgo são placas de sinalização de trânsito encobertas pela vegetação, pichadas ou danificadas pela ação de vândalos. Mas essa, bem na entrada da cidade, é realmente uma vergonha. É como dizer que não somos bem-vindos ao município”, exclama ela. 

Pórtico 

Vale destacar que no início do mês de março, através da Comissão dos 200 Anos, comandada pelo prefeito Renato Bravo, foi anunciado o projeto de construção de um pórtico na entrada da cidade, exatamente onde hoje está a placa caída. O portal que delimita a fronteira com o vizinho Cachoeiras de Macacu faz parte das ações em comemoração ao bicentenário de Nova Friburgo. Entretanto, a prefeitura ainda não informou quando o mesmo será instalado. 

A equipe de reportagem de A VOZ DA SERRA entrou em contato com a assessoria de imprensa da Concessionária Rota 116, a fim de saber se a empresa está ciente do fato, o que pode ter ocasionado a queda e quando serão tomadas as devidas providências, e com a subsecretaria de Comunicação, para receber um posicionamento da prefeitura, mas até o fechamento desta edição não obteve respostas. 

Publicidade
Agora Faz
TAGS: RJ_116