Parceria entre Procon e Energisa vai ajudar clientes a quitar débitos

Consumidores poderão fazer propostas dentro das suas possibilidades financeiras
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Nova Friburgo (Procon), em parceria com a concessionária de energia elétrica Energisa, firmaram acordo para realizar uma campanha de mediação entre a empresa e os clientes inadimplentes que terá início em dezembro. O órgão de proteção ao consumidor já começou a enviar as “cartas convite” aos consumidores inadimplentes.

De acordo como coordenador do Procon em Nova Friburgo, o advogado André Abicalil, existem três faixas de consumidores inadimplentes. O primeiro grupo compõe os clientes que devem até R$ 250, e tem mais de cinco mil devedores. O segundo grupo compõe as pessoas que devem de R$ 250 a R$ 400, cerca de 1.800 clientes. O terceiro grupo é composto por pessoas que devem acima de R$ 400 (cerca de 900 clientes). “Estamos focando nas pessoas do primeiro grupo, mas qualquer pessoa com débito a quitar acima de R$ 250 pode vir ao Procon para renegociar a dívida.”

A expectativa é de que, com a parceria, cerca de 2.500 pessoas (segundo estimativa da própria Energisa) possam renegociar seus débitos em aberto. “Isso representa uma agenda positiva para Nova Friburgo em termos econômicos”, mostra-se otimista o coordenador do Procon.

Ainda segundo André Abicalil, as reuniões acontecerão entre os dias 4 e 8 de dezembro e serão no Procon de Friburgo, que funciona na Avenida Alberto Braune, 223, antiga Rodoviária Leopoldina. Abicalil acredita que trazer os inadimplentes para negociar no Procon traz mais segurança e conforto para o devedor. Além disso, as pessoas poderão fazer propostas de pagamento, dentro das suas possibilidades financeiras, tendo o fornecimento restabelecido imediatamente, como também o nome retirado do cadastro negativo.

“Por exemplo, a pessoa que tem um débito de R$ 200, poderá pagar 10% à vista (R$ 20) e parcelar o restante em 12 vezes. Importante frisar que assim que a conciliação for feita, o cliente terá a energia restabelecida em sua residência”, afirmou Abicalil. Caso a iniciativa dê certo a Energisa deve realizar outros mutirões em 2018 para que o consumidor possa quitar seus débitos. André Abicalil afirmou que se os friburguenses aderirem ao mutirão, ele tentará aproximação com outras concessionárias da cidade. “A ideia é estender esses mutirões outras empresas, como a Águas de Nova Friburgo, por exemplo, tirar o friburguense do status de devedor e quitar todos os débitos pendentes”, avalia o coordenador do Procon.

Publicidade
Agora Faz
TAGS: