O desafio do rock: 7 perguntas a 7 músicos

Roqueiros falam de inspiração, revelam relíquias que guardam até hoje e relembram momentos mágicos de shows que nunca esqueceram
sexta-feira, 14 de julho de 2017
por Adriana Oliveira

No Dia Mundial do Rock, 13 de julho, A VOZ DA SERRA resolveu fazer um “twist and shout” entre o jornal impresso e o site. Num desafio aos leitores, fizemos sete perguntas a sete conhecidos músicos friburguenses. Perguntamos a cada um deles há quanto tempo tocam rock profissionalmente; em qual banda ou músico se inspiraram; o que ouvem quando não estão tocando; qual relíquia guardam com mais carinho; qual momento do rock gostariam de ter protagonizado; qual concerto lamentam ter perdido; e qual show queriam muito ver de novo.

As respostas foram publicadas no jornal impresso, enquanto, no site, um quiz testava o conhecimento dos leitores. Aqueles que gabaritassem o teste, “colando” ou não do impresso, entrariam em contato com o jornal e os mais rápidos seriam premiados. O primeiro deles, o saxofonista de jazz Rafael Fortes, de 29 anos, ganhou um combinado do Sushiban numa noite especial promovida pelo jornal em parceria com o restaurante, com show de Newton Couto e Daniel Viana  tocando Led Zeppelin em versão acústica. Assinantes ganharam 50% de desconto no couvert

Foram sete perguntas, sete respostas, sete surpresas. RESPONDA AO QUIZ AQUI

PERGUNTAS:

1) Há quanto tempo toca rock profissionalmente?

2) Qual banda ou músico foi sua inspiração maior quando começou?

3) Qual banda mais gosta de ouvir hoje, quando não está tocando?

4) Qual relíquia afetiva guarda com mais carinho?

5) Qual momento do rock gostaria de ter protagonizado?

6) Qual show mais lamenta ter perdido?

7) Qual show queria muito ver de novo?

RESPOSTAS:

Celso da Kombi

1) Rock mesmo, 5 anos de estrada

2) Me inspirei no Deep Purple

3) Ouço Allman Brothers, John Mayer

4) Guardei a camisa da única vez que toquei no Canecão                        

5) Queria ter sido o Bryan May, do Queen, tocando “Love of my life” no Rock in Rio 1 para Fred Mercury cantar                       

6) Perdi Woodstock

7) Veria de novo o Rock in Rio 1. Com aquele line up eu iria mil vezes!

Nivaldo Ramos (Nivox)

1) 31 anos de estrada

2) Me inspirei em Elvis Presley

3) Ouço muito Audioslave

4) Guardei o ingresso do Hollywood Rock de 90, quando Bon Jovi pisou no Brasil pela 1ª vez

5) Queria ter sido Bon Jovi cantando “Always” no estádio de Wembley em 95

6) Perdi o Rock in Rio 1

7) Veria de novo Paul McCartney

Newton Couto

1) 25 anos de estrada

2) Me inspirei em Stevie Ray Vaughan e Camel

3) Ouço Camel até hoje

4) Guardei autógrafo do Rick Wakeman (Yes), no início dos anos 90, na capa  de um velho vinil do lendário “Journey to the end of the Earth”, álbum gravado ao vivo, por coincidência, no dia do meu nascimento

5) Queria ter sido David Coverdale em “Mistread”, no concerto California Jam

6) Perdi Iron Maiden no Rock in Rio 1.

7) Veria de novo “Page & Plant”, do Hollywood Rock de 96.

Vivianne Lisboa

1) 22 anos de estrada

2) Me inspirei no Aerosmith

3) Ouço uma banda nova chamada Voulbeat

4) Guardei uma palheta do guitarrista do Elton John, que apesar de não tocar rock é um grande guitarrista

5) Queria ter sido Fred Mercury no Rock in Rio de 85, cantando “Love of my life”

6) Perdi Scorpions

7) Veria de novo Nickelback

Marcelo Braune

1) 31 anos de estrada

2) Me inspirei nos Beatles

3) Ouço muito Rush

4) Guardei um par de pingentes em forma de baquetas que ganhei de presente

5) Queria ter sido Joe Cocker cantando “With a little help from my friends” em Woodstock

6) Perdi The Police no Rio.

7) Veria de novo Roger Waters

Rodolpho (Os Bartira)

1) Uns 25 anos de estrada

2) Me inspirei no Rush

3) Ouço Foo Fighters, Aerosmith, O Rappa, Van Halen, Rush. E sempre descubro coisas novas, como The Temperance Movement, Dirty Sweet, Monster Truck e Crobot

4) Guardei uma palheta do Steve Rothery, do Marillion, num show antológico no extinto Canecão em 91. Pena que não sei onde está, mas peguei!

5) Queria ter sido Geddy Lee na música "Closer to the Heart", incluída no repertório deles só para esse dia, pois sabia que todos adoravam. Foi a gravação do DVD do Rush in Rio, no Maracanã, em 2002

6) Perdi o Rock in Rio 1, principalmente o Queen

7) Veria de novo Foo Fighters

Ismael Carvalho

1) 30 anos de estrada

2) Me inspirei no Led Zeppelin

3) Ouço muito Whitesnake

4) Guardei fotos com alguns dos meus ídolos

5) Queria ter sido Jimi Hendrix em Woodstock

6) Perdi Yes no Rio

7) Veria de novo Whitesnake

TESTE SEUS CONHECIMENTOS RESPONDENDO AQUI AO QUIZ

 

LEIA MAIS

Atrações musicais vão tomar conta da cidade, desde o meio-dia

Eventos gratuitos acontecem também nesta terça, e ao longo da semana, em diversos pontos de Nova Friburgo

Evento inclui apresentação de danças folclóricas, coral, Expo Suíça, queijos e vinhos e Festival do Chocolate

Foto da galeria
Pingente de estimação de Marcelo Braune: amuleto da sorte (Arquivo pessoal)
Publicidade
Agora Faz