Mutirão zera fila de pacientes internados à espera de cirurgia ortopédica

Mobilização se concentra agora em cirurgias vasculares e gerais; campanha de doação de sangue continua
segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Secretaria de Saúde já conseguiu atender a 61 pacientes que aguardavam por procedimentos (Fotos: Secom/PMNF)

O mutirão de cirurgias que vem sendo realizado pela secretaria municipal de Saúde foi capaz de zerar a fila de pacientes que aguardavam por intervenções ortopédicas internados no Hospital Raul Sertã. Os dados foram divulgados pela pasta na última semana. Ao todo, foram dois fins de semana promovendo mutirões de cirurgias ortopédicas. Agora, ainda segundo a secretaria, a mobilização é em torno de outros dois mutirões: de cirurgias vasculares e cirurgias gerais.

Segundo a subsecretária hospitalar e integrante do Comitê de Gestão da Saúde, Michelle Silvares, nessas duas semanas de mobilização, 47 pacientes ortopédicos foram operados no hospital. As cirurgias foram comandadas pelos cirurgiões Paulo Sávio e Cristiano Badini.

Ainda segundo Michelle, as cirurgias vasculares começaram na quarta-feira, 8. O cirurgião Daniel Guimarães utilizou a técnica de tratamento de varizes com espuma, procedimento simples e bastante eficaz, já que o paciente submetido ao tratamento não necessita de internação hospitalar e de anestesia, possibilitando que o mesmo volte às suas atividades cotidianas no dia seguinte após a realização do procedimento.

Já na quinta-feira, 9, foi realizado um mutirão de cirurgias gerais para atender aos pacientes que também aguardavam internados pelos procedimentos. As intervenções cirúrgicas foram realizadas pelos médicos Mário Horwacz e Robson Rosa. Ao todo, nestes dois dias, foram operados 14 pacientes.

De acordo com a secretaria de Saúde, alguns pacientes aguardavam há mais de oito meses para serem atendidos.

Baixo estoque de sangue impedirá mutirão durante o carnaval

A campanha permanente de doação de sangue lançada pelo governo municipal surtiu efeito, mas ainda não foi suficiente para regularizar os estoques do Hemocentro de Nova Friburgo. De acordo com a secretaria de Saúde, o volume de doações teve um crescimento de pouco mais de 30% desde o início da mobilização, mesmo assim, os estoques de bolsas de sangue continuam baixos. Devido ao número abaixo do necessário, os mutirões de cirurgia vão parar durante o Carnaval, período em que o consumo de sangue aumenta no hospital.

Para participar da campanha, é preciso que o doador tenha entre 18 e 65 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos), pese no mínimo 50kg, esteja descansado (ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas) e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação). Os interessados devem procurar o hemocentro munidos de carteira de identidade ou outro documento com foto.

A unidade fica localizada anexo ao Hospital Municipal Raul Sertã, no Centro, e recebe os doadores de sangue de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 11h. Mais informações pelo telefone (22) 2523-9000.

LEIA MAIS

Empresário responsável por empresa que forneceu alimentos ao Raul Sertã em caráter emergencial por mais de 1 ano foi preso na manhã de quinta

Medida tem como objetivo melhorar atendimento aos pacientes, funcionários, acompanhantes e visitantes, diz prefeitura

Xingamento a policial militar aconteceu no Hospital Raul Sertã

Foto da galeria
Campanha de doação de sangue surtiu efeito, mas estoques ainda estão em baixa
Publicidade
Agora Faz