Marlon Moraes só precisou de 33 segundos para nocautear americano no UFC Utica

Friburguense aplicou um chute certeiro na cabeça. Agora, ele quer o cinturão
sábado, 02 de junho de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)

O friburguense Marlon Moraes continua em alta no UFC. Em apenas 33 segundos, o lutador nocauteou Jimmie Rivera (EUA), atual quarto colocado do ranking, na categoria peso galo (até 61kg) e provou que merece uma chance para disputar o cinturão. Quem esperava um duelo equilibrado, assistiu o brasileiro massascrar seu adversário.

É a terceira vitória seguida de Marlon, que se candidatou a ser o próximo desafiante ao título. “Quero dedicar essa vitória ao meu filho, minha esposa está grávida. Estou muito feliz, esses caras (treinadores) sabem o quanto eu trabalho todos os dias. Estou pronto. Quero lutar pelo título! Comecei a treinar kickboxing aos nove anos de idade. Quero o bônus para o meu filho que está a caminho”, disse o friburguense.

Antes de subirem no octógono, os lutadores trocaram farpas, tanto que no início da luta era visível a rivalidade entre os dois. O tradicional toque na luva que indica o fair play não aconteceu. Para sorte de Rivera, o friburguense tratou logo de encerrar a rixa, com um chute que acertou em cheio a cabeça do adversário. O americano caiu, recebeu alguns socos também na cabeça e o árbitro foi obrigado a parar a luta, dando a vitória por nocaute para Marlon.

Será que está pintando um campeão friburguense?

 

LEIA MAIS

Atleta revela sua preferência entre próximos oponentes e conta que golpe que nocauteou Rivera foi ensaiado até instantes antes da luta

Os dois devem resolver as “diferenças” do passado dentro do octógono nesta sexta, em NY

PM tem bons resultados em levantamento de peso, cabo de guerra, jiu-jitsu, kung-fu e fisiculturismo

Publicidade
TAGS: marlon moraes | UFC