Mais dois: Ricardo e Vitinho retornam e reforçam o Frizão

Volante e lateral esquerdo já estão à disposição de Cadão. Time empata com Sampaio Corrêa em jogo-treino
terça-feira, 08 de maio de 2018
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Ricardo, nova aquisição

O Friburguense anunciou o retorno de dois jogadores importantes, que tiveram bons momentos pelo clube nas últimas temporadas e viveram experiências recentes em outros clubes. O volante Vitinho, de 25 anos, e o lateral esquerdo Ricardo, de 21, criado na base do clube, já treinam com os companheiros no Eduardo Guinle desde a última semana e estão à disposição do técnico Cadão. Ricardo, inclusive, atuou como titular da equipe no jogo-treino do último sábado, 5. Já Vitinho foi integrado a elenco nesta segunda-feira, 7.

Os dois reforços se juntam a Juninho, Dieguinho, Walace Camilo, Romerito, Dedé, Lucas Souza, Marcos André e Willian como principais novidades, além dos retornos de Rômulo, Damião, Paulo Roberto, Yan e Lucas Sales. Há a possibilidade da chegada de mais um meia para fechar o plantel.

João Victor Schimith, o Vitinho, foi um dos destaques do Friburguense no Estadual de 2016 e no título da Copa Rio conquistado em campo, naquele mesmo ano. Passou por Resende e Bangu, e retorna para reforçar o Tricolor da Serra nesta temporada. Com bom poder de marcação e qualidade para jogar, por atuar em mais de uma função no meio-campo. Bidu, Damião, Rômulo e Murilo são algumas outras opções do elenco para posição de volante.

Já o lateral esquerdo Ricardo, formado nas divisões de base do Friburguense, foi promovido em 2016 e logo se destacou com a camisa do Frizão. Peça fundamental no título da Copa Rio, o jovem jogador se destacou ano passado na partida contra o Oeste, pela Copa do Brasil, e foi emprestado ao clube paulista para as disputas do Paulistão Série A2 e Campeonato Brasileiro da Série B. Ricardo briga por posição com Lucas Souza e Walace Camilo, além de Lucas Sales, que também pode jogar na esquerda.

Friburguense e Sampaio Corrêa empatam jogo-treino no Eduardo Guinle

Um teste forte, a nível dos jogos mais complicados que o Friburguense deve encontrar durante a caminhada na Série B1 do Campeonato Carioca. Compactado e bem organizado em campo, o Frizão chegou a abrir 2 a 0 sobre o Sampaio Corrêa em um primeiro tempo quase impecável, com gols de Dedé e Lohan.

O único erro, talvez, tenha sido o espaço para Roberto Júnior subir e diminuir no último lance da etapa inicial. No primeiro da final, Léo Guerrero desviou cruzamento para empatar e dar números finais à partida, realizada na tarde do último sábado, 5, no Eduardo Guinle. No segundo tempo, vários testes e poucas oportunidades de gols.

 “Todas as vezes em que jogamos contra o Sampaio, até mesmo em amistosos, há uma rivalidade. Começamos bem o jogo, conseguimos abrir uma vantagem de dois gols e depois, na minha avaliação, nos perdemos um pouco. Na parte final do segundo tempo nos encontramos novamente. Foi positivo, pois a segunda divisão é assim mesmo, como uma guerra. Nós sofremos dois gols de bola parada, e são falhas. Sendo assim, nós temos como acertar. Faltam alguns dias para o início do campeonato, e nós teremos tempo suficiente para treinar, trabalhar e acertar. Amistosos são para isso mesmo, para ter falhas e a gente corrigir com os treinamentos”, avalia o lateral Sérgio Gomes, que tem feito uma função mais central na defesa tricolor.

O Friburguense trabalha durante toda essa semana, e na sexta-feira, 11, faz amistoso contra o Serra Macaense. A partida, adiada há duas semanas, acontecerá às 15h, no Eduardo Guinle.

Aos poucos, o Tricolor da Serra vai encontrando a sua nova identidade. E o começo de jogo contra o Sampaio Correa foi bastante animador. As caras novas e os mais experientes parecem mais entrosados, e a compactação também evoluiu. Contra um dos times que mais investiram para a Série B1, a equipe comandada por Cadão mostrou mais conjunto. A movimentação abriu espaços na defesa adversária, e Jeffinho descolou Dedé com belo passe aos dez minutos. O atacante dominou com tranquilidade, escolheu o canto e abriu o placar.

Dedé é uma das novidades para a temporada. Também do lado direito, Dieguinho assumiu a posição, enquanto na esquerda, Wallace Camilo e Ricardo (de volta ao clube) saem na frente na briga por vaga entre os titulares. Na zaga, Bidu, ainda em fase final de recuperação de uma lesão, foi desfalque.

No meio, Jeffinho jogou a frente de Damião e Juninho, num 4-2-3-1 em que Lohan é a referência. E foi dele, cobrando o pênalti sofrido por Ricardo, o segundo gol tricolor aos 16 minutos. No lance seguinte o Sampaio teve a sua penalidade, cobrada na trave de Afonso.

Quando Jeffinho sentiu lesão, outra variação foi testada: Marcos André entrou pelo lado esquerdo, Wallace Camilo passou a fazer a função de volante e Juninho foi adiantado para a função de Jeffinho. No único descuido defensivo, Roberto Júnior (ex-Friburguense) subiu e testou para diminuir, no último ato da primeira etapa, vencida pelo Tricolor da Serra por 2 a 1.

Para a etapa final, Cadão trocou Dedé por Ziquinha. Na bola alta, logo nos instantes iniciais, Léo Guerreiro subiu, desviou a falta cobrada por Leomir e empatou a partida. Na mesma moeda, Lohan obrigou o goleiro adversário a trabalhar com boa defesa. Com 15 minutos, Yan e Luiz Felipe entraram nas vagas de Dieguinho e Afonso. Sales foi a campo no lugar de Juninho, posicionando Ricardo pelo meio.

Outra contratação para a temporada, Willian substituiu Lohan no comando de ataque. O jovem Murillo também teve sua oportunidade, na vaga de Damião, e Lucas Souza entrou no lugar de Bruno.

Com as duas equipes modificadas, destaque para a oportunidade de observação das peças por Cadão e Antônio Carlos Roy, que dirige o Sampaio Corrêa. Foram poucas as chances de gols para ambos os lados em Nova Friburgo. O Friburguense entrou em campo com Afonso, Dieguinho, Sérgio Gomes, Bruno e Wallace Camilo; Damião, Juninho, Ricardo e Jeffinho; Dedé e Lohan.

 

LEIA MAIS

Novidade é a eleição do craque da rodada, com a premiação de um jogador a cada semana

Tricolor da Serra teve momentos de domínio, mas não conseguiu fazer gol. Próximo jogo é quarta

Temporada começa neste domingo, com decisão em 22 de julho, após cinco rodadas

Publicidade
Agora Faz
TAGS: futebol