Mais de 200 homens farão a segurança do desfile do dia 16

Trabalho será feito de forma conjunta entre PM, Marinha, Guarda Municipal e grupo terceirizado
terça-feira, 15 de maio de 2018
por Karine Knust (karine@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
Chefe de Segurança do governo municipal, Tadeu Aor, fala sobre o esquema (Divulgação PMNF)

A uma semana do evento, nesta quarta-feira, 9, a Prefeitura de Nova Friburgo promoveu uma coletiva de imprensa para divulgar, com detalhes, como serão realizados os trabalhos de diversos setores durante o megadesfile do dia 16, próxima quarta-feira, e os shows na Ceasa, em Conquista. Com uma programação extensa, só para garantir a segurança do desfile na Avenida Alberto Braune, que deve contar com dez mil componentes, mais de 200 homens serão escalados.

O 11º BPM levará para as calçadas da avenida e ruas adjacentes 105 agentes, sendo que 80 deles realizarão o patrulhamento a pé e outros 25 farão a ronda nas 14 viaturas que também serão disponibilizadas. “Teremos ainda agentes da P2 (Serviço Reservado da PM), e alguns cedidos pela Marinha, infiltrados no meio da população buscando neutralizar qualquer ação que tenha como intuito atrapalhar o desfile”, afirmou o comandante do 11º BPM, coronel Eduardo Vaz Castelano.

Outros 70 seguranças privados contratados pela prefeitura e 50 agentes da Guarda Municipal também integrarão a equipe de segurança do desfile. Além de ser organizado devido ao grande público esperado para o evento, o reforço na segurança do tradicional desfile também pode estar ligado a outros dois fatores, um deles é a presença de delegações estrangeiras, principalmente da Suíça, durante a festa.

“Estamos recebendo um chefe de Estado e, por isso, precisamos seguir protocolos de segurança. Essa demanda é exatamente para que todos se sintam seguros para prestigiar a comemoração”, afirmou o chefe de segurança do governo, Thadeu Aor. “Não permitiremos nenhum ato atentatório à preservação da ordem pública ou segurança da população. Se houver alguma manifestação, que seja de forma ordeira, sem desrespeito ou agressão. Estamos vivendo um momento histórico. O friburguense que ama a cidade vai comemorar e agradecer por fazer parte dessa história”, acrescentou o coronel Castelano.  

Estrutura do evento

Além da preocupação com a segurança do desfile, a prefeitura tamb ém informou como será a estrutura da festa. De acordo com a Secretaria de Turismo, a logística será semelhante a do Carnaval. Serão disponibilizados 62 banheiros químicos ao longo de toda a área do evento, também serão instaladas grades de proteção desde a Rua Moisés Amélio até próximo a esquina da Alberto Braune com a Rua Monte Líbano - assim como em algumas ruas transversais à avenida. O sistema de sonorização também está garantido e haverá uma área especial para os idosos assistirem ao desfile. A estrutura deve começar a ser montada neste fim de semana.

Segundo a Subsecretaria de Posturas, a fiscalização de ambulantes também será intensificada. “Não será autorizado nenhum tipo de cadastro extra para serviço de ambulantes na Alberto Braune ou nas praças. Somente quem já é cadastrado pelo município poderá trabalhar. É importante frisar também que os comércios não estão autorizados a alterar sua atividade, ou seja, apenas os bares e lanchonetes poderão vender bebida, por exemplo”, alertou o subsecretário de Posturas, Guilherme Spitz.

Trânsito

A Avenida Alberto Braune será interditada a partir da 0h do dia 16, sendo liberada ao tráfego de veículos a partir das 17h. Já a Praça Dermeval Barbosa Moreira, na altura do Ienf, será destinada apenas ao estacionamento de viaturas da Polícia Militar, Guarda Municipal e Posturas. Na Praça Getúlio Vargas haverá interdição parcial para acesso de veículos em todo o entorno. A Rua Monte Líbano terá interdição total a partir das 16h, em toda a sua extensão com desinterdição a partir das 17h.

Na Rua Farinha Filho haverá interdição parcial do trecho entre as ruas Augusto Spinelli e Praça Getúlio Vargas, permitido acesso apenas a moradores a partir da 0h. Já na Rua Monsenhor Miranda a interdição será parcial no trecho entre as ruas Augusto Spinelli e a Praça Getúlio Vargas, permitido o acesso apenas a moradores a partir das 0h. Na Rua Dante Laginestra, a interdição também será parcial, do trecho entre a Rua José Eugênio Müller e Praça Getúlio Vargas. As ruas Augusto Cardoso, Ariosto Bento de Mello, Fernando Bizzotto, Oliveira Botelho e Duque de Caxias serão parcialmente interditadas entre as ruas José Eugênio Müller e Avenida Alberto Braune.

As ruas Moisés Amélio e Mac Niven também serão interditadas. A Rua Augusto Spinelli ficará com duplo sentido de direção entre a Rua Farinha Filho e a Rua Monte Líbano. A prefeitura afirmou que irá instalar banners em pontos estratégicos para alertar motoristas sobre as alterações temporárias no trânsito. A orientação é de que a população opte pelo transporte público para evitar transtornos.

O desfile

De acordo com o Comitê 200 anos, mais de 120 instituições entre escolas, universidades, associações, clubes de serviço e academias, devem participar do desfile do bicentenário. A apresentação será dividida em duas partes (cívico e temático) e passará pela Avenida Alberto Braune numa verdadeira viagem no tempo para contar a história da formação do município. O roteiro, concebido pelo jornalista e colunista social de A VOZ DA SERRA, David Massena, será dividido em cinco atos (obedecendo à estrutura narrativa shakespeariana): “Gênesis – Todos os povos num só” (1800 a 1850); “Belle Époque – Estação de Trem, Estação da Flores” (1850 a 1900); “O cisne iluminado  – Tempos Modernos” (1900 a 1950); “Friburgo inventando moda– O clímax cultural” (1950 a 2000), “O fim que inspira novos começos” (2000 aos dias atuais).

Outra novidade nesta edição é o início, que neste ano passa a acontecer na prefeitura, onde as autoridades e as comitivas dos consulados dos povos formadores serão recepcionadas. A concentração também muda: será localizada alternadamente (conforme cada ato) nas ruas Moisés Amélio e Leuenroth. O desfile também não terá paradas ou apresentações especiais em frente ao palanque das autoridades. A ideia é proporcionar fluidez para ganhar velocidade.

Programação festiva

Os eventos em comemoração aos 200 anos já estão acontecendo. Nesta quinta-feira, 10, às 11h, será inaugurado o monumento “Raiz e Flor”. A escultura ficará no Senai, na Rua José Eugênio Müller, 220. Idealizada em 3D pelo artista plástico Felga de Moraes e desenvolvida junto com os alunos do Senai, a obra simboliza a chegada dos imigrantes. A proposta é homenagear a história do município, seus moradores e as influências que contribuíram para a indústria da região.

Ainda nesta quinta, acontecerá a exibição do filme suíço “L’Héritier”, às 19h30. Na sexta-feira, 11, às 17h haverá a masterclass do cineasta Jean-Théo Aeby, com tema “Cinema artesanal e expressão: Como produzir”. Já às 19h30, haverá o “Sentier des vaches”. Essas exibições fazem parte da Semana de Filmes da Suíça e acontecem na Usina Cultural Energisa, na Praça Getúlio Vargas, 55, Centro.

Também nesta quinta, o Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura sedia um concerto especial em homenagem aos 200 anos da cidade. Organizada pela  Marinha do Brasil através do Sanatório Naval de Nova Friburgo, a apresentação ficará por conta da Orquestra Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais. O evento está marcado para começar às 19h30. Ainda nesta quinta-feira, 10, haverá a visita do presidente do Conselho Nacional Suíço, Dominique de Buman, e representantes políticos do país. A visita, organizada pelo governo suíço e a Associação Fribourg-Nova Friburgo vai até o próximo dia 17.

Já nesta sexta-feira, 11, das 13h às 18h, a Estação Livre, antiga rodoviária urbana, sedia mais uma edição Feira de Artesanato de Nova Friburgo. Organizado pela Secretaria de Turismo, vai até o dia 16, feriado municipal, e reunirá os mais diversos trabalhos desenvolvidos por artesãos locais. No domingo, 13, a feira funciona das 10h às 15h.

 

LEIA MAIS

Técnicos estiveram em localidades atingidas por deslizamentos de terra e inundações na tragédia de 2011

Comunidade lusitana de Friburgo recepcionou autoridades de Santo Tirso e Penacova durante celebrações do bicentenário

Bibinho Wermelinger, de Duas Barras, morreu dançando aos 89 anos

Publicidade
Agora Faz
TAGS: 200 anos