Madrugada de segunda terá chuva de meteoros a partir das 2h

Terra estará cruzando o rastro deixado por um cometa; friburguense deve olhar para o nordeste, diz Ivanicska
sexta-feira, 10 de agosto de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
A chuva de Perseidas (reprodução da web)

A madrugada de segunda-feira, 13, deve ser marcada por mais um fenômeno raro nos céus: uma chuva de meteoros. A  chuva de Perseidas, como é chamada, é a mais forte do calendário anual e ocorre justamente na lua nova, quando o céu está mais escuro.  

O fenômeno ocorre quando o planeta Terra cruza uma região do espaço repleta de fragmentos deixados pelo rastro do cometa Swift-Tuttle, que visita o centro do sistema solar a cada 133 anos. Podem riscar o céu cerca de 150 meteoros, ou estrelas cadentes, a cada hora, incluindo algumas bolas de fogo.

"Essa chuva é famosa, mas é boa de observar no Hemisfério Norte. Daqui, não se pode esperar um espetáculo fora do comum. O espectador deve olhar para o nordeste por volta das 2h da madruga e aguardar", disse o diretor do Planetário de Nova Friburgo, Reinaldo Ivanicska.

Para quem estiver no Centro de Friburgo, o nordeste fica para os lados de Amparo.

A chuva de meteoros de Perseidas começou em 17 de julho e vai até 24 de agosto, mas o pico, quando o planeta passa exatamente sobre o rastro do cometa, acontece entre 12 e 13 de agosto, na madrugada seguinte da lua nova. 

Pena que o Climatempo prevê, para Nova Friburgo, céu com nuvens, porém sem chuvas, entre domingo e segunda.

 

Publicidade
TAGS: